Resenha de Com amor, Anthony – Lisa Genova

livro-com-amor-anthony-lisa-genova

Após a morte do filho autista Anthony, Olivia se divorcia do marido, David, e se refugia na ilha de Nantucket, onde espera encontrar a paz que precisa para superar a dor da perda. Enquanto isso, Beth, que vive na ilha há muitos anos, não pensa duas vezes em se separar de Jimmy, seu marido e pai de suas três filhas, após descobrir a traição de longa data. Sem saberem da existência uma da outra, Olivia e Beth tentam reencontrar a si mesmas, sem saber se isso é possível após tantas reviravoltas da vida. É quando o caminho das duas se cruzam e, de formas inesperadas, elas encontram respostas para muitas de suas perguntas.

>> Encontre o melhor preço de Com amor, Anthony

Eu já havia lido Para Sempre Alice Nunca Mais Rachel, em que Lisa Genova abordam o mal de Alzheimer e a Negligência Esquerda, respectivamente, e adorado a escrita direta da autora e a forma como ela, que é neurocientista, explica as doenças de maneira didática e dinâmica. Por isso, eu já sabia mais ou menos o que esperar de Com amor, Anthony. Mas Lisa conseguiu não apenas atender minhas expectativas, como também superá-las. A forma como a autora narrou e conectou as histórias de Beth e Olivia me lembrou bastante o estilo de Liane Moriarty, o que é um elogio e tanto, já que adoro O Segredo do Meu Marido e Pequenas Grandes Mentiras.

Seguindo a linha dos outros dois livros, Com amor, Anthony aborda o Autismo. No entanto, embora seja o assunto central da trama, a doença não é o ponto principal da história. Vou tentar explicar melhor: eu confesso que nunca soube exatamente como a condição “funcionava” e, depois de ler o livro, posso dizer que tenho uma noção muito melhor; no entanto, ao mesmo tempo em que dá detalhes sobre a doença, Lisa Genova também é capaz de se aprofundar em outras temáticas, tornando a obra muito mais rica em termos literários, interessante e tridimensional.

Em Para Sempre Alice Nunca Mais Rachel, a autora já abordou temas como vida a dois (principalmente em relação às consequências das doenças) e maternidade e, em Com amor, Anthony, ela não apenas se aprofunda ainda nestas temáticas, como também trata de outros assuntos polêmicos, como traição e luto.

No entanto, para mim, o maior mérito da obra é a forma como a autora focou menos na interação marido e mulher. Ela optou por mergulhar no universo em que suas personagens não são mais esposas ou mães, o que, apesar de todas as dificuldades e da tristeza, lhes devolve a liberdade e a possibilidade de serem apenas Beth e Olivia. E é por isso que o livro não pode ser considerado “simplesmente” uma obra sobre o Autismo. Com amor, Anthony é uma história sobre se redescobrir e sobre o amor em toda sua complexidade, e as inúmeras formas, boas e ruins, que existem de demonstrá-lo.

Título original: Love Anthony
Editora:
Nova Fronteira
Autor:
 Lisa Genova
Ano: 2012
Páginas: 304
Tempo de leitura: 4 dias
Avaliação: 4 estrelas

Veja mais livros de Lisa Genova

Anúncios

4 thoughts on “Resenha de Com amor, Anthony – Lisa Genova

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s