Resenha de Os meninos que enganavam nazistas – Joseph Joffo

Conhecemos a história de Joseph Joffo a partir de 1941, com a França invadida pelo exército nazista como cenário. Como a família era judia, Joseph e o irmão, Maurice, foram enviados à zona livre do país com apenas 10 e 12 anos, respectivamente. Foi quando os dois prometeram, ainda que silenciosamente, nunca se separar. E a partir de então, fizeram o possível e o impossível para sobreviver ao Nazismo e reencontrar a família.

Às vezes, é difícil acreditar que a Segunda Guerra Mundial tenha se desenrolado da forma como foi. É tudo tão absurdo que até parece ficção. Mas, infelizmente, foi realidade, ainda é e sempre será, principalmente para pessoas como Joseph Joffo. E ter a oportunidade de conhecer a história real do menino judeu que, ao lado do irmão, driblou o nazismo é uma verdadeira honra!

Apesar de tratar de uma das épocas mais obscuras da história mundial, Os meninos que enganavam nazistas não é um livro pesado. Parece uma conversa entre amigos, em um domingo à tarde, com direito a chá e bolo. E o fato de eu ter acompanhado a trama por audiobook só reforçou essa sensação! Talvez porque Joseph e Maurice não enxergassem a dimensão do que estavam fazendo. Ou pode ser que tenham simplesmente optado por levar a situação com o tipo de sabedoria e inocência que só as crianças têm. Não sei. Mas, definitivamente, foi uma lição de resiliência e perseverança.

Ao mesmo tempo em que não é uma história tão trágica (quando comparadas a outras, claro), Os meninos que enganavam nazistas é aquele tapa na cara. É impossível imaginar crianças de 10 e 12 anos cruzando fronteiras, atravessando o país e enfrentando uma guerra que mal entendem. E eu sei que isso acontece ainda nos dias de hoje, dessa e de outras formas. E talvez, isso seja o que mais me entristece. Mas é por isso que a história dos irmãos Joffo machuca tanto quanto acalenta. Porque é sobre o amor entre irmãos e entre estranhos. Porque Joseph e Maurice enganaram os nazistas, mas sempre juntos e com a ajuda de pessoas dispostas a se arriscar para ajudá-los.

Título original: Un sac de billes
Editora: Vestígio
Autor: Joseph Joffo
Ano: 1973
Páginas: 320
Avaliação: 5 estrelas

*Audiobook cedido pela Editora Autêntica em parceria com a Ubook!

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha de Os meninos que enganavam nazistas – Joseph Joffo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s