Resenha de A volta ao mundo em 80 dias – Jules Verne

A volta ao mundo em 80 dias é um daqueles clássicos que parecem já ter nascido em nossa memória. A sensação é a de que sabemos a história, mesmo sem nunca tê-la saboreado. E é sempre uma experiência interessante enfim conhecer todos os pormenores de tramas assim.

Antes de compartilhar minha opinião, quero deixar claro que sou uma leitora bem inexperiente quando o assunto são livros de aventura. Então, algumas coisas que vou dizer talvez soem um pouco bobas para quem está acostumado com o gênero.

Na obra de Jules Verne, conhecemos Phileas Fogg, o homem que garantiu aos amigos que daria a volta ao mundo em apenas 80 dias. Logo após selar a aposta, Fogg inicia sua jornada na companhia de Chavemestra (ou Passepartout) e, claro, esta é a jornada que iremos acompanhar em pouco mais de 250 páginas.

Como já é de esperar, A volta ao mundo em 80 dias é uma trama repleta de… aventuras. O que torna a leitura frenética, divertida e envolvente. Mas, mais do que isso, cada contratempo sofrido por Fogg nos traz uma nova perspectiva sobre os personagens. Então, ainda que o foco seja a viagem, a construção e o desenvolvimento deles enriquecem bastante a trama – e foi um ponto que, confesso, me surpreendeu!

Quando lemos um livro antigo, é imprescindível levar em conta a época em que ele foi escrito. Por isso, me peguei pensando no quanto A volta ao mundo em 80 dias representou quando foi publicado, em 1873. Afinal, viajar de um continente para outro hoje em dia parece simples. Mas seria muito mais difícil – talvez até impossível – para Fogg cumprir sua aposta se não fossem os avanços e descobertas trazidos pela duas primeiras partes da Revolução Industrial.

Por fim, o desfecho do clássico de Verne também me surpreendeu. Não só pelo plot twist, como também pela mensagem. Afinal, A volta ao mundo em 80 dias pode ser uma aventura, uma história sobre a jornada. Mas é também sobre o que cada jornada transforma dentro de nós.

Título original: Le tour du monde en quatre-vingts jours
Autor:
Jules Verne
Editora: L&PM
Ano: 1873

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s