Resenha de Nós – David Nicholls

IMG_5300

Apesar dos estilos de vida completamente distintos, Connie e Douglas conseguiram encontrar uma dinâmica de relacionamento eficiente, capaz de equilibrar o espírito livre dela e a personalidade metódica dele. No entanto, a chegada de Albie muda a relação deles ao longo dos anos, abalando aos poucos a até então bem-sucedida dinâmica. Por isso, quando chega a hora de Albie ir para a faculdade, Douglas acredita que aquele será o momento para que ele e Connie se redescubram como um casal – mas ela tem planos diferentes e também pretende sair de casa. Pego de surpresa, Douglas decide dar a última tacada: uma viagem em família pela Europa, que irá reaproximar os três, assim como fazer a esposa se apaixonar por ele novamente. Será?

>> Encontre o melhor preço de Nós

Um Dia, o terceiro romance de David Nicholls, é um dos meus livros favoritos de todos os tempos, então nem preciso dizer que estava ansiosíssima para ler Nós. E a espera valeu a pena. Mais uma vez, o autor nos apresenta a um protagonista que, em muitos momentos, parece ser o típico “loser. Mas, na verdade, é apenas uma espécie de anti-herói, com conflitos, qualidades e defeitos tão coerentes quanto incoerentes e, por isso, extremamente reais. E essas características se estendem também aos personagens secundários e, por mais que você eventualmente se irrite com eles, será praticamente impossível não se identificar em algum momento.

Há um ditado, citado em uma canção popular, que diz que se você ama alguém, deve libertar esta pessoa. Bem, isso não passa de um disparate. Se você ama alguém, se prende a esta pessoa com pesadas correntes de metal.

Simplesmente não é verdade que se pode alcançar qualquer coisa desde que você ame muito essa coisa. Simplesmente não é assim.

Em Nós, Douglas disseca o relacionamento com Connie, intercalando o passado, desde quando se conheceram até os dias anteriores à viagem, e o presente, durante o passeio pela Europa. O senso de humor apurado da história não surpreende, já que é uma das marcas registradas de David Nicholls, e é o tempero ideal para que a trama seja leve e ao mesmo tempo extremamente relevante e pertinente. O único ponto negativo de Nós, na minha opinião, é que em alguns trechos a história não fluíram tão bem quanto eu esperava.

O problema de viver o momento é que o momento passa. O impulso e a espontaneidade não levam em conta o longo prazo.

Com um clima levemente épicoNós leva o leitor por uma viagem pela Europa, com direito a aulas de arte e um mergulho profundo nas relações a dois e em família. Quem já leu outras obras de David Nicholls sabe que o autor sempre foge do óbvio, então o desfecho da história não surpreende sob esse ponto de vista. E é incrível como ele é capaz de criar personagens certinhos e metódicos, como Emma Morley, de Um Dia, e o próprio Douglas, com a mesma coerência e realismo daqueles livres e bon vivants, como Dexter Mayhew, também de Um Dia, e Connie. E é exatamente essa combinação que cria conflitos reais e torna possível não só a dissecação da relação de Connie e Douglas, mas também um diagnóstico que não coloca um ou outro como mocinho ou vilão e, sim, como personagens, com falhas e qualidades, de uma história que realmente poderia acontecer.

Título original: Us
Editora: Intrínseca
Autor: David Nicholls
Ano: 2014
Páginas: 377
Tempo de leitura: 7 dias*
Avaliação: 4 estrelas

Veja mais livros de David Nicholls

selo-2015

Anúncios

16 pensamentos sobre “Resenha de Nós – David Nicholls

  1. Oi, Ná!

    Nunca li David Nicholls e apesar de vcs falarem sempre muito bem, me falta vontade para ler. Até tenho curiosidade, mas a preguiça é maior que tudo.
    Eu não sei pq, mas sinto que seria uma leitura arrastada pra mim. Posso estar completamente enganada.
    Quem sabe um dia eu tire o Um dia da estante!

    Beijos!

    1. Olha, Resposta Certa e O Substituto não são fortes recomendações da minha parte. O Nós já é mais legal e democrático, mas Um Dia você tem que ler! Eu quero reler em breve, já faz uns 4 anos que li, mas acho que será quase tão emocionante quanto da primeira vez! Faz um esforcinho :D
      Beijos

  2. Ahhh! Eu gostei taaaanto de fazer leitura coletiva!! Foi uma experiência muito bacana de poder ir conversando junto sobre o livro e perceber aspectos diferentes aos olhos de outras pessoas! Muito bacana! Faremos mais. E gostei muito do livro!
    Sua resenha ficou muito boa!! Adorei mesmo!
    Mas, para mim, ele e “Um dia” estão assim, muito pertinho. Senti preguiça de “Um dia” as vezes, mais do que esse que foi coisa de uma vez só enquanto ele enrolava falando dos lugares e passeios. Mas sempre havia um toque de humor que fazia eu voltar para a história! :)

    1. Também adorei, vamos fazer mais mais mais mais!
      Ain, obrigada! Quero ler logo as suas também!
      Ah, pra mim Um Dia é muuuuuito foda. Talvez nem seja tanto, preciso reler hahaha Mas minha memória é de um livro incrível como poucos. E essa hora dos passeios era a que mais me irritava mesmo, haha!

      1. Eu também gostei muuito de “Um dia”, mas senti um desencontro em alguns momentos: quando achava que um dia 15 precisava de mais detalhes, a história corria rápido, e quando estava chato, demorava! hahah… Porém, entendo que é de cada um. E tem relação com a minha curiosidade em detalhes diferentes…

  3. Menina, eu esqueci de comentar aqui!!
    Eu gostei de “Nós”, não sei se é melhor ou pior que “Um dia”, até porque são situações diferentes, mas confesso que me irritei muito com a Connie, primeira personagem que não simpatizei do Nicholls.
    E também achei que em alguns momentos a história se arrastava, mas a curiosidade era maior pra continuar.
    =D

    1. Eu odeio a Connie! Mulherzinha egoísta e egocêntrica. Não gosto do Albie também, mas o perdoo um pouco por ele ser aborrescente. E eu super achei que, em alguns momentos, a história se arrastava. Mas nada que comprometesse a trama. Agora são mais 292730 anos até um novo livro do Nicholls :(

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s