Resenha de Ele está de volta – Timur Vermes

ele-esta-de-volta

Em 2011, Adolf Hitler deveria estar morto há 66 anos, no entanto, acorda em um terreno baldio em uma Berlim que pouco se parece com a cidade destruída que viu pela última vez em 1945, durante a Segunda Guerra Mundial. Enquanto tenta entender o que aconteceu, o Führer é acolhido pelo dono de uma banca de jornal, que pensa estar falando com um imitador do ditador nazista. Como se recusa a sair do “papel”, Hitler chama a atenção de um canal de televisão, que o contrata para fazer parte de um programa humorístico. Logo em sua primeira aparição, o Führer vai parar no YouTube e se torna um viral da internet.

>> Encontre o melhor preço de Ele está de volta

Eu quis ler Ele está de volta porque gosto muito de histórias relacionadas à Segunda Guerra Mundial, mas também teria escolhido o livro apenas pela capa, que é genial. Logo no início, a obra do jornalista Timur Vermes já dá amostras de um senso de humor inteligente, perspicaz e simplesmente impecável, que marca presença durante toda a história. Afinal, como não dar risada ao imaginar o todo poderoso Hitler com dificuldades para entender o que são coisas como internet, celular, televisão e computador?

Apesar de ser uma sátiraEle está de volta é muito bem contextualizado sob o aspecto histórico e não apenas “usa” a imagem de Hitler para fazer humor. No livro, Vermes, que é especializado em história e política, inseriu e mesclou fatos das duas Guerras Mundiais e também do cenário sociopolítico e econômico atual para trazer discussões pertinentes sob o ponto de vista do Führer. Ao mesmo tempo, o autor não foi capaz apenas de incorporar o comportamento e o raciocínio de Hitler, como também de trazer outras possíveis facetas do odiado ditador nazista e humanizar sua figura.

Ao inserir Hitler ao cenário atual, Ele está de volta critica a forma como a imprensa trabalha atualmente, com excesso de informações irrelevantes e coberturas muitas vezes superficiais, além do jornalismo sensacionalista e tendencioso. Apesar de a grande maioria das pessoas não aprovar os feitos do Führer, é difícil ler a obra de Vermes e não pensar sobre a falta de compromisso das novas gerações com seus países. Do meio para o final, Ele está de volta perde um pouco do propósito e do ritmo, o que resulta em um final imprevisível, mas também, de certa forma, raso. De qualquer forma, é uma leitura divertida e original.

Título original: Er ist wieder da
Editora: Intrínseca
Autor: Timur Vermes
Ano: 2012
Páginas: 297
Tempo de leitura: 3 dias
Avaliação: 3 estrelas

*A Constantin Film comprou os direitos de Ele está de volta para adaptar a obra ao cinema, mas, por enquanto não há mais notícias sobre a versão cinematográfica da obra de Timur Vermes. 
SELO BLOG
Anúncios

3 pensamentos sobre “Resenha de Ele está de volta – Timur Vermes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s