The Chilling Adventures of Sabrina: quadrinhos x série

O título já dizia: O Mundo Sombrio de Sabrina. Mas, ainda assim, a maioria de nós se surpreendeu com um lado realmente dark daquela que conhecíamos como “a aprendiz de feiticeira”. No entanto, a história em quadrinhos, criada por Roberto Aguirre-Sacasa (com ilustrações de Robert Hack), leva o “sombrio” a um novo patamar.

Publicada desde 2014 pela Archie Horror (selo da Archie Comics), The Chilling Adventures of Sabrina é uma releitura de Sabrina the Teenage Witch. A série de HQs surgiu depois do sucesso que a personagem fez ao aparecer em Afterlife with Archie, também de Aguirre-Sacasa. Após assistir às duas temporadas da série, disponíveis na Netflix, decidi ler a obra original e trago uma breve comparação para vocês!

CONTÉM SPOILERS!

Época
A história em quadrinhos se passa em 1960, enquanto a série não tem data 100% definida. Ao mesmo tempo em que Harvey tem um iPhone X e Ambrose, um laptop, a atmosfera (como as músicas e até mesmo as roupas) remetem a décadas anteriores.

Passado
Na HQ, acompanhamos um pouco mais do passado de Sabrina, que, na verdade, nasceu e morou por um tempo em Westbridge. Já na versão da Netflix, aterrissamos direto em Greendale.

Rosalind, Ambrose e Susie/Theo
A Rosalind e o Ambrose dos quadrinhos são bem diferentes dos da série. Ros, aliás, não tem o “cunning” e nem amiga de Sabrina ela é. E Susie/Theo simplesmente não existe na HQ. Gosto mais do cenário da série, não apenas pelos personagens em si, mas também pela questão da representatividade.

Harvey descobre a verdade sobre Sabrina
O momento em que Harvey descobre que Sabrina é bruxa é um dos mais tensos da primeira temporada da série. Mas a HQ consegue ser mais impactante – até porque a cena termina com a morte de Harvey.

Ressurreição
Na série, Sabrina ressuscita Tommy Kinkle, irmão de Harvey, o que já é bem errado e assustador. Já na HQ, o ressuscitado é ninguém menos do que o próprio Harvey. O problema é que quem volta no corpo do namorado de Sabrina é Edward Spellman. Pois é.

Weird Sisters
As Weird Sisters ajudam e atrapalham Sabrina em diversos momentos na versão da Netflix. Já na HQ, elas não existem como Prudence, Dorcas e Agatha e são de Riverdale.

Edward Spellman
Se na série, Father Blackwood é um dos principais vilões, na obra original, esse posto é de, acreditem, Edward Spellman. Na HQ, o pai de Sabrina tem um passado ainda mais obscuro e, quando ressurge no corpo de Harvey, não sobram dúvidas de sua crueldade.

Miss Wardwell
A Miss Wardwell da série é uma junção entre Madame Satan e Miss Gardenia, professora de Sabrina na Baxton High na HQ. E Madame Satan, aliás, tem um passado bem surpreendente com Edward Spellman… Tô falando que ele não presta!

História dos familiares
Um dos volumes de The Chilling Adventures of Sabrina é dedicado às histórias de Salem (familiar de Sabrina), Nag e Nagaina (familiares de Ambrose). Ah, e, na HQ, o Salem é preto e branco e fala, assim como na série Sabrina, a aprendiz de feiticeira.

Essas são apenas as principais diferenças entre a HQ e a série – e já deu para perceber que, ao mesmo tempo em que contam a mesma história, as duas obras são bem diferentes, né? Particularmente, prefiro a versão da Netflix, com personagens mais tridimensionais e com quem é possível se identificar!

Anúncios

Um pensamento sobre “The Chilling Adventures of Sabrina: quadrinhos x série

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s