Resenha de Leve-me com você – Catherine Ryan Hyde

Qual a sua definição de família?

Todo verão, August Schroeder entra em seu trailer e pega a estrada rumo a inúmeros parques e reservas naturais. Desta vez, a ideia era visitar o Parque Nacional Yellowstone com o filho. Mas seus planos são interrompidos da forma mais definitiva e dolorosa possível.

Mesmo assim, August mantém o roteiro. O que ele não imagina é que, quando parar em uma oficina para consertar um problema no trailer, seus planos sofrerão enormes mudanças novamente. Afinal, viajar com os dois filhos de um desconhecido é algo que nunca havia passado pela sua cabeça.

Sempre me disseram que Leve-me com você era um livro lindo. E por mais que eu nunca tenha duvidado, confesso que não esperava encontrar uma história que me tocasse tão profundamente. Ao narrar a inesperada jornada de August, Seth e Henry, Catherine Ryan Hyde fala sobre as perdas e faltas dos personagens. E talvez, elas sejam objetivamente diferentes das nossas, mas não deixam de conversar com as que sentimos. Até porque, o que causa a dor pode variar, mas dor não é dor para todo mundo? Não é ela que afasta e destrói, mas que também une e constrói?

A escrita de Ryan Hyde é de uma sensibilidade rara. Do tipo que consegue combinar humor, inocência, emoção, profundidade e fluidez. Tudo em doses perfeitas, nada em falta ou em excesso. E esse mix é fundamental para que a leitura de Leve-me com você seja, de fato, sobre a jornada e não exatamente sobre o fim. Assim como a viagem de August, Seth e Henry, pelos parques nacionais e também pelos próprios sentimentos.

Voltando à pergunta inicial… Família, para mim, é com quem compartilhamos mais do que laços de sangue. É com quem dividimos dores e amores. É com quem tentamos montar um quebra-cabeça com encaixes em constante mutação. E é quem nos faz entender que está tudo bem viver tentando, porque a vida é mesmo um mosaico impossível de completar. E será que não é isso o que nos move, de certa forma?

Então, se o título do livro diz “leve-me com você”, eu devolvo: e tem como não levar?

Título original: Take me with you
Autor: 
Catherine Ryah Hyde
Tradutor: Débora Isidoro
Editora: Darkside Books
Ano: 2014

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s