Resenha de Fahrenheit 451 – Ray Bradbury

Se antigamente os bombeiros tinham como tarefa apagar incêndios, na sociedade distópica de Fahrenheit 451, em que a literatura é vista como uma ameaça, é exatamente o oposto: os profissionais têm a responsabilidade de manter a ordem do sistema, queimando os livros e até mesmo as casas onde estão. Guy Montag é um desses bombeiros e faz seu trabalho de forma automática. No entanto, após conhecer … Continue a ler Resenha de Fahrenheit 451 – Ray Bradbury