[OFF] DIY: capinha para celular

Como prometido, aqui está a estreia oficial do canal [OFF] do Além do Livro :) E, para começar, nada melhor do que um Do It Yourself super fácil, barato e fofo! Para quem não sabe, minha irmã Fernanda é artista plástica e super adepta de DIY’s – por isso eu nunca desisto de encontrar minhas habilidades manuais, haha! Outro dia, ela comentou comigo sobre capinhas de celular feitas com páginas de scrapbook. Confesso que não procurei como se faz porque achei que seria fácil descobrir sozinha e, gênio que sou (#SQN), dei o meu jeitinho! E aqui compartilho o passo a passo com vocês!

Processed with Rookie Cam

Materiais
– Páginas de scrapbook
– Régua
– Tesoura (pequena e com ponta fina)
– Estilete
– Lápis
– Capinha de celular transparente

Onde comprar e quanto gastar
Quando usei páginas de scrapbook para fazer a Memory Jar – Book Edition, comprei na loja A Gaivota, na 25 de março, e as folhas saíram entre R$ 1,70 e R$ 1,90. Desta vez, comprei na Casa da Arte, então saiu um pouco mais caro – entre R$ 2,50 e R$ 3,70. Mas para quem, assim como eu, não tem saco para a 25 ou raramente vai para aquelas bandas, vale a pena. Já a capinha de celular transparente, eu comprei no site DX, porque, na época, era difícil de encontrar. Hoje, você acha fácil por aí, inclusive nos stand centers da vida, ali na avenida Paulista.

Como fazer

1. Posicione o celular sobre a página de scrapbook e, com o lápis, trace o formato do aparelho na folha.

Processed with Rookie Cam

2. Com o estilete e a ajuda da régua, corte o papel bem próximo às linhas desenhadas, mas do lado de dentro dos traços, para que o molde não fique maior que o celular.

3. Se necessário, com a tesoura, faça o acabamento das pontas (as do iPhone, por exemplo, são arredondadas).

4. Ponha o papel cortado dentro da capinha para ver se encaixa. Coloque-a no celular e, com o lápis, trace o buraquinho para a câmera*.

Processed with Rookie Cam

5. Com o estilete e a régua, corte as partes retas do buraquinho. E com a pontinha da tesoura, corte os cantinhos arredondados.

E pronto :) Viram que fácil? Se você tiver a criatividade e/ou as habilidades manuais que me faltam, vale desenhar e/ou escrever na página de scrapbook ou até em um papel cartão e ter uma capinha exclusiva!

Processed with Rookie Cam

Processed with Rookie Cam

*A estampa da página de scrapbook pode atrapalhar na hora de enxergar os traços feitos com lápis. Por isso, se o outro lado da folha for liso ou menos poluído, vale usar o verso para não errar. Mas ATENÇÃO: vire-a na hora de fazer o molde do buraquinho da câmera, senão, vai ficar do lado errado (sim, eu cometi esse erro de iniciante, hahaha).

Anúncios

DIY: Memory Jar – Book Edition

Este ano, além das resenhas e dos eventuais contos, queria incrementar o conteúdo do Além do Livro, mas sem abandonar a temática literária, claro. Uma das ideias que tive foi compartilhar por aqui DIY’s que têm tudo a ver com os livros que a gente tanto ama. E o primeiro é a Memory Jar – Book Edition.
IMG_7027

No ano passado, muitos leitores assíduos aderiram à TBR Jar (ou To Be Read Jar), em que você coloca todos os títulos de livros que ainda não leu e quer ler e, a cada leitura finalizada, sorteia qual será a próxima. Super legal, né? É. Mas a leitora aqui não lê por “livre e espancada vontade”, então desistiu antes mesmo de começar. Aí veio a onda da Memory Jar, em que você pode guardar recordações de todo o ano e de todos os assuntos, como ingressos de shows ou de cinema, bilhetes, passagens de avião, etc., ou ainda um pedaço de papel com algum fato especial registrado nele. Super legal também, né? É. Mas eu, infelizmente, não tenho paciência para isso.

Mas aí eu pensei em aproveitar os dois “conceitos” e fazer a Memory Jar – Book Edition. A ideia é registrar cada leitura do ano em um pequeno pedaço de papel e depositá-lo na jar. Com sorte, no final do ano, ela estará cheia e linda :)

A verdade é que não tem segredo para colocar a ideia em prática, mas lá vai!

Materiais
– Uma jar de sua escolha*
– Páginas de scrapbook**
– Fitas coloridas ou decoradas
– Caneta permanente***
– Tesoura
– Estilete

IMG_6996

* Se você tem a intenção de revisitar os registros na Memory Jar, não escolha uma garrafinha, como eu, porque os papéis não irão sair, hahaha! Eu não me importei porque não pretendo tirá-los de lá (tenho todas as minhas leituras registradas por ano no meu e-mail, RÁ!), então as lindas garrafinhas são apenas meros objetos de decoração. Mas fica a dica para evitar frustrações!

** Você também pode usar papel sulfite normal ou colorido, mas as páginas de scrapbook deixam o resultado final mais charmoso. Se optar por elas, lembre-se de que é melhor que não sejam dupla face. Assim, fica mais fácil de ler os títulos dos livros depois – além de sair mais barato.

*** A minha caneta permanente, da marca Sharpie, tem ponta dupla, então usei a média para escrever na garrafa e a fina, na página de scrapbook. Você pode usar outros tipos de caneta, se quiser. 

Onde comprar e quanto gastar
Eu não costumo ir à 25 de março, mas, como fui fazer companhia para a minha irmã, aproveitei as pechinchas. As minhas jars são, na verdade, garrafinhas para difusores e custaram R$ 5,40 cada. Na mesma loja (A Gaivota), comprei também as páginas de scrapbook, que custaram entre R$ 1,70 e R$ 1,90 a folha. As fitas eu roubei da minha irmã, mas lá na A Gaivota também tinha uma infinidade de opções lindas.

Para quem não tem paciência de ir até a 25 de março, lojas como a Etna e a Tok&Stok têm potes interessantes para a jar. Já as páginas de scrapbook, você encontra em papelarias maiores, especialmente as de shopping. Mas não é preciso dizer que vai sair mais caro, né?

Como fazer
1. Meu primeiro passo foi escrever “Memory Jar – Book Edition + ano” na garrafinha com a ponta média da caneta permanente preta.
2. Depois, cortei as páginas de scrapbook na metade e, em seguida, em várias tiras (em um tamanho que imaginei ser suficiente para escrever os títulos de livros maiores).

IMG_6998

3. Aí chegou a hora de escrever os nomes de toooooodos os livros que li em 2013 e 2014. Eu preferi colocar a ordem em que li o livro, o título e o autor. Ex.: 1. Grande Irmão, Lionel Shriver. Em caso de releitura, adicionei (releitura) após o nome do autor.

IMG_7001

4. Depois de escrever os nomes, dobrei os papéis, de modo que a parte estampada ficasse à mostra, e coloquei na jar.
5. Por último, escolhi uma fita e amarrei-a no centro da jar. Você também pode amarrá-la no gargalo, se preferir.

E… tchanam!

IMG_7020

IMG_7021

IMG_7022

Memory Jar – Book Edition 2013

IMG_7024

Memory Jar – Book Edition 2014

IMG_7025

 Memory Jar – Book Edition 2015 – que vou encher ao longo do ano :)

Espero que se divirtam e gostem do resultado. Eu amei <3