Entrevista com Frini Georgakopoulos, autora de Sou fã. E agora?

img_9378

Melhor do que amar um livro é não esperar nada de uma leitura e terminá-la simplesmente encantada! Foi o que aconteceu quando li Sou fã! E agora?, da Frini Georgakopoulos. Como contei na resenha (e no Instagram e em todo lugar) , decidi ler o livro porque a Frini foi muito simpática durante o Encontro de Blogueiros da Companhia das Letras. E qual não foi a minha surpresa quando me diverti e me identifiquei com cada página da obra? Por isso, foi muito legal poder entrevistar a autora e conversar sobre essa história de ser fã, o cenário literário atual, inspirações e influências e, de quebra, me identificar um pouquinho mais com ela!

– Você sempre teve o sonho de escrever um livro? Se sim, você se imaginava escrevendo algo na linha de Sou fã. E agora? mesmo ou pensava que criaria uma ficção?
Sempre tive muita vontade de escrever um livro, mas nunca a disciplina para sentar e terminar. Amo escrever contos, então já tenho dois publicados e um romance iniciado, mas sempre a falta de tempo me pegava. Mas aí eu resolvi “fazer” o tempo e finalizar um projeto e deu certo. Nunca pensei que conseguiria criar um livro como Sou fã! E agora? porque achava que para falar de estética de texto e gêneros literários seria preciso ser estudioso no assunto. Mas hoje em dia, o consumidor/leitor também cria conteúdo e como tenho muita experiência no ramo e pesquiso muito, consegui criar algo que divertisse, mas que também levasse conteúdo diferenciado aos leitores. Para mim, conteúdo que venha a gerar uma reflexão é essencial e espero ter alcançado isso com meu livro.

– Suas inspirações estão claras em Sou fã. E agora?. Mas quando e como você teve o “click” de que suas ideias poderiam se transformar em um livro?
O “click” veio em dois momentos. O primeiro ao notar que o que falo e explico nos eventos que apresento causa reflexão e curiosidade. Então pensei que seria legal expandir o horizonte e levar esse conteúdo para mais pessoas. O click de ser em livro veio quando eu li Uma página de cada vez. Ao ver que simples atividades levavam à reflexões muitas vezes profundas, pensei em unir as duas coisas e aí nasceu a ideia do Sou fã!. Continue a ler “Entrevista com Frini Georgakopoulos, autora de Sou fã. E agora?”

Anúncios

Entrevista com Jennifer Niven, autora de Por Lugares Incríveis

Existem livros que nos emocionam, se tornam inesquecíveis e até favoritos. E existem outros que nos destroem por dentro, porque nos tocam de maneira extremamente profunda e pessoal. Por Lugares Incríveis foi assim para mim.

Tive o prazer de conhecer Jennifer Niven no Encontro de Blogueiros da Companhia das Letras e tive a certeza de que ela é tão (ou ainda mais)  gentil, humilde e atenciosa quanto parece nas redes sociais. Alguns dias depois do Encontro, entrei em contato com a autora na esperança de conseguir uma entrevista para o blog. Confesso que não estava muito esperançosa (afinal, Jennifer está “apenas” adaptando seu livro para Hollywood). E qual não foi a minha surpresa quando ela topou e, depois, respondeu às minhas perguntas com toda a paciência e dedicação?

Conversamos sobre Por Lugares Incríveis, o Finch da vida real, a adaptação para o cinema, seu novo livro, Juntando os pedaços, influências e inspirações literárias e a importância dos livros de young adult para a discussão de assuntos tão delicados quanto importantes. Fazer essa entrevista foi muito gratificante, pois Por Lugares Incríveis significa muito para mim por ter me ajudado a entender e aceitar melhor questões muito pessoais. Então, espero que vocês também gostem <3

– Você sempre amou escrever e criar histórias. De alguma forma, você sempre soube que iria viver disso?
Quando eu era criança, sabia que escrever era o que eu mais gostava de fazer. Minha mãe (Pamela Niven) também também era escritora e tínhamos nossa “hora de escrever” – ela sentava em sua mesa, eu na minha e, juntas, escrevíamos nossas histórias individuais. Eu acho que parte de mim sempre soube que eu iria crescer e me tornar escritora. Mas, por um longo tempo, eu realmente quis ser uma rock star.

– Quando escreveu Por Lugares Incríveis, você imaginou que o livro se tornaria esse sucesso?
Eu não tinha ideia. Eu escrevi a história porque precisava escrevê-la. Anos atrás, eu amei um garoto como Finch e esse foi o meu jeito de escrever sobre a experiência. Desde que Por Lugares Incríveis foi lançado, tenho ouvido de milhares e milhares de leitores ao redor do mundo que eles se enxergaram na história. Eu pensei que estava escrevendo para mim – para me ajudar a me sentir menos sozinha -, mas, na verdade, eu estava escrevendo para eles, para lembrá-los que não estão sozinhos. Continue a ler “Entrevista com Jennifer Niven, autora de Por Lugares Incríveis”

Entrevista com Fernando Scheller, autor de O amor segundo Buenos Aires

Não canso de dizer o quanto sou apaixonada por Buenos Aires. Simplesmente tenho a certeza de que, mesmo depois de conhecer outras grandes cidades, a capital argentina sempre terá um lugar especial no meu coração. Sendo assim, não havia chances de eu não ler O amor segundo Buenos Aires, do jornalista brasileiro Fernando Scheller. Como não poderia ser diferente, o livro proporciona ao leitor um passeio pelas … Continue a ler Entrevista com Fernando Scheller, autor de O amor segundo Buenos Aires

Entrevista com Leandro Leal, autor de Quem vai ficar com Morrissey?

Em 2014, eu estava passeando pela livraria com meu namorado, quando um livro de capa colorida, com ilustração estilo história em quadrinhos, atraiu nossa atenção. Assim que lemos o título, Quem vai ficar com Morrissey?, surgiu o interesse, já que ele é fã de Smiths e eu também gosto bastante de algumas músicas. Para a nossa surpresa, a obra era de um autor nacional, o Leandro … Continue a ler Entrevista com Leandro Leal, autor de Quem vai ficar com Morrissey?

Entrevista com Gustavo Ávila, autor de O Sorriso da Hiena

Eu não tenho dúvidas de que O Sorriso da Hiena é um dos livros nacionais mais comentados de 2016 entre os Instagrams literários. E não é à toa! Com uma trama inteligente e intrigante, a obra de Gustavo Ávila entretém e atiça a curiosidade do leitor, ao mesmo tempo em que suscita reflexões e discussões sobre o comportamento e os valores da sociedade atual. E … Continue a ler Entrevista com Gustavo Ávila, autor de O Sorriso da Hiena

Entrevista com Paula Ayumi, autora de A lua, as estrelas e as pequenas coisas

O post de hoje é especial porque é a primeira entrevista do blog <3 E para dividir essa novidade comigo, escolhi a Paula Ayumi, ou Polayumi (como ela é conhecida nas redes sociais), autora do livro A lua, as estrelas e as pequenas coisas*. Conheci a Paula por meio da minha irmã, que sempre me falou sobre as “tirinhas muito fofas da Polayumi”. Não sou de acompanhar … Continue a ler Entrevista com Paula Ayumi, autora de A lua, as estrelas e as pequenas coisas