Resenha de Heartstopper #1 e #2 – Alice Oseman

Tudo indica que Charlie Spring e Nick Nelson são o exato oposto um do outro. Vítima de bullying na escola quando se assumiu gay, Charlie precisou aprender lidar com suas inseguranças. Já Nick é o típico aluno popular e atleta, de quem todos querem ser amigos. Mas, contrariando as probabilidades, uma forte amizade acaba surgindo entre os dois.

Com o tempo, Charlie percebe que está se apaixonando por Nick – o que só pode dar muito errado, já que ele tem a certeza de que o amigo é hétero. Ao mesmo tempo, Nick percebe que o que sente por Nick talvez seja mais do que amizade. Será que a relação dos dois irá sobreviver a tantas dúvidas, mudanças e inseguranças?

Heartstopper faz parte da lista de livros sobre os quais só ouvi elogios. E ao terminar de ler os dois volumes da graphic novel, com lágrimas nos olhos e um sorriso no rosto, eu só pude pensar: “não era tudo o que diziam. Era mais”.

As vivências de Nick e Charlie não têm nada a ver com a minha. No entanto, acredito que os personagens de Alice Oseman possam acolher e confortar muitas pessoas que tenham enfrentado ou estejam enfrentando as mesmas questões que eles – principalmente adolescentes, mas não apenas.

Com Charlie, enxergamos como o bullying abre feridas e gera medos e inseguranças que não precisavam existir. Já com Nick, mergulhamos em uma jornada de autodescobrimento encarada com tanta honestidade, que se torna inspiradora para além de qualquer identificação em nível pessoal. Mas é curioso como, ao mesmo tempo em que retrata todas essas questões, Oseman não faz com que a história seja sobre elas.

O que realmente acompanhamos em Heartstopper é o surgimento do amor entre duas pessoas que, como todas as outras, só querem ter a liberdade de ser quem são e amar quem amam. Falando assim, parece algo simples. Mas sabemos que, na realidade, nem sempre é tão fácil quanto deveria ser.

No entanto, acredito que valha a pena continuarmos lutando para que seja. Afinal, quando nos apaixonamos, o coração para. Quando somos correspondidos, ele acelera. Mas ele só passa a bater no ritmo perfeito, quando sabemos quem somos e nos amamos por isso.

Título original: Heartstopper
Editora: Seguinte
Autora: Alice Oseman
Tradução: Guilherme Miranda
Publicação original: 2016 (volume 1) e 2019 (volume 2)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s