Resenha de As Musas – Alex Michaelides

“É melhor do que A Paciente Silenciosa?”, essa é a pergunta que não quer calar, eu sei. E vou respondê-la. Mas não antes de falarmos sobre As Musas, o novo livro de Alex Michaelides.

Tudo começa com o brutal assassinato de uma aluna em Cambridge. Atormentada por tragédias pessoais, Mariana Andros, terapeuta de grupos e ex-aluna da respeitada universidade, fica obcecada por descobrir quem é o responsável pelo crime. Ela tem certeza de que Edward Fosca, um aclamado professor da faculdade, é o nome por trás do assassinato. E quando outra garota aparece morta, sua necessidade de desmascarar Fosca toma proporções absurdas. A credibilidade da terapeuta está em risco, assim como a vida de outras alunas de Cambridge.

Com uma história que passeia por assassinatos, investigação e luto, As Musas nos envereda por uma trama intrincada, que nos faz desconfiar de todos e criar inúmeras teorias. A escrita elegante de Michaelides nos guia pelos corredores e arredores de Cambridge, evocando um cenário que contribui muito para a atmosfera do livro. E assim como em A Paciente Silenciosa, ele recorre à psicologia, e principalmente o papel da infância em quem nos tornamos, para construir personagens perfeitamente tridimensionais.

Eu sou apaixonada pela forma como Michaelides explora sua ascendência nas histórias que cria. Cipriota britânico, o autor é descendente de gregos por parte de pai, e a influência de suas origens já é evidente em A Paciente Silenciosa. Mas, em As Musas, a mitologia e as tragédias gregas se tornam a base da trama, com inúmeras citações e paralelos entre a história e deuses, mitos, poemas e peças.

E então, chegou a hora de responder à pergunta inicial. Eu gostei muito de As Musas, mas admito que A Paciente Silenciosa é especial. Porém, acredito que as duas obras tenham propostas diferentes. Enquanto o livro de estreia do autor é indiscutivelmente um thriller eletrizante, o segundo é muito mais um romance policial. Em As Musas, não testemunhamos apenas o desenrolar da verdade, mas participamos da investigação. E assim, nos tornamos mais qualificados para chegar à resolução do caso por conta própria – eu descobri o quem, mas o por que ainda me surpreendeu muito!

Ainda assim, a comparação com A Paciente Silenciosa é inevitável. Mas, uma trama inteligente e bem amarrada, As Musas merece ser lido e avaliado pelo que ele, e apenas ele, é.

Título original: The Maidens
Editora: Record
Autor: Alex Michaelides
Tradução: Marta Chiarelli
Publicação original: 2021

Parceria paga com Editora Record

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s