Resenha de Acorda pra vida, Chloe Brown – Talia Hibbert

O que faria você repensar a sua vida?

Para Chloe Brown foi o fato de quase ser atropelada por um carro em alta velocidade. Naquele milésimo de segundo em que sua vida foi poupada, ela tomou uma decisão: listar tarefas que poderiam ajudá-la a “acordar para a vida” e construir um obituário mais interessante.

Contar com a ajuda de Red Morgan, o vizinho bonitão, não estava nos planos de Chloe. Mas uma amizade acaba surgindo entre os dois, e é quando eles percebem que têm muito mais em comum do que poderiam imaginar.

Acorda pra vida, Chloe Brown é inegavelmente um romance clichê. Mas eu diria que é o meu estilo de romance clichê favorito atualmente: aquele que aquece o nosso coração com acontecimentos que já esperamos, mas que também nos surpreende com uma série de elementos e ingredientes que passam longe do lugar comum.

A representatividade e a quebra de padrões são pontos altos da obra de Talia Hibbert. Chloe é uma mulher negra e gorda, que sofre de fibromialgia. Nunca convivi com ninguém que tivesse a condição, mas a forma como a autora retratou não apenas as dores físicas da protagonista, como também as emocionais, me pareceu bastante real. Conhecer a história de Chloe, para além da fibromialgia, e também acompanhar sua luta contra traumas do passado foi inspirador!

Já com Red, Hibbert aborda o relacionamento abusivo. Sabemos que as mulheres são a grande maioria das vítimas dessa situação – no entanto, isso não quer dizer que os homens não possam passar pelo mesmo. E a história do co-protagonista chama a atenção para essa “nova” ótica de maneira honesta e responsável.

O tempero da história ficou por conta das cenas sensuais, que surpreenderam muitos na leitura coletiva que fizemos no Clube Namanita! Particularmente, eu reduziria um pouco a carga hot do livro. Porém, como estavam dentro de um contexto adequado, não foi algo que me incomodou!

Por fim, Hibbert ainda pincelou questões de classe e raça – nada muito aprofundado, mas o suficiente para trazer breves, porém importantes reflexões. E com essa combinação certeira de temas e dois protagonistas tridimensionais e cativantes, Acorda pra vida, Chloe Brown se tornou tão clichê quanto original!

Título original: Get a life, Chloe Brown
Editora: Paralela
Autora: Talia Hibbert
Tradutor: Lígia Azevedo
Publicação original: 2019

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s