Resenha de Não é errado ser feliz – Linda Holmes

Já faz um ano que Evvie Drake perdeu o marido. E desde então, raramente sai de casa, em uma pequena cidade do Maine. Ninguém questiona o comportamento de Evvie, nem mesmo seu melhor amigo, Andy, pois acreditam fazer parte do processo de luto. Mas todos se surpreenderiam se soubessem a verdade.

Em Nova York, Dean Tenney foi obrigado a deixar sua brilhante carreira no beisebol profissional. Incapaz de arremessar como antes, Dean não sabe qual é a  origem de seu problema e sofre com a impiedade da imprensa. Em busca de um recomeço, ele decide passar um tempo no Maine, a convite de Andy, seu amigo de infância.

Dean se hospeda no anexo da casa de Evvie, e a amizade entre os dois surge naturalmente. A única condição é: ele não irá fazer perguntas sobre o marido de Evvie, se ela não falar sobre beisebol também.

Eu tenho gostado muito dos livros leves e fofos que abordam temas densos e atuais de maneira responsável e real. E Não é errado ser feliz com certeza está nesta lista! Por meio da história de Evvie, Linda Holmes retrata um relacionamento abusivo do ponto de vista de alguém que não percebe estar vivendo uma relação tóxica – o que, infelizmente, não é incomum. Gostei muito de como o livro ilustra o que é o gaslighting e mostra o quão nocivo e perturbador esse tipo de violência psicológica pode ser.

Evvie é uma personagem bastante tridimensional, que tem defeitos, qualidades, pontos fortes e vulnerabilidades – e tudo isso é muito bem explorado dentro da trama. Com um bom arco de desenvolvimento, a protagonista, muitas vezes, erra na tentativa de acertar, o que só torna tudo ainda mais real. Gostei muito de acompanhar a trajetória de Evvie, que não é apenas uma jornada de autoconhecimento, como também uma redescoberta de si mesma. É inspiradora porque, com certeza, é a história de muitas mulheres mundo afora.

Se, pela capa e sinopse, você imaginou que Não é errado ser feliz é um “romance clichê”, não está exatamente errado. No entanto, ao mesmo tempo em que recorre aos lugares comuns do gênero, Linda Holmes também dá seu próprio toque à história. Sim, já sabemos que tudo se ajeita no final, mas sem resoluções mágicas e irreais. Sem “felizes para sempre”. Apenas “felizes no aqui e no agora”.

Título original: Evvie Drake starts over
Autora: 
Linda Holmes
Tradutora: Marina Vargas
Editora: Intrínseca
Publicação original: 2019

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s