Resenha de Um caminho para a liberdade – Jojo Moyes

O que você faria por amor aos livros?

Antigamente, ignorar os costumes e tradições religiosas era considerado um absurdo – ainda maior para as mulheres. Mas foi exatamente o que Alice, Margery, Sophia, Izzy e Beth fizeram quando, no final da década de 1930, aceitaram trabalhar em uma biblioteca itinerante no interior dos Estados Unidos.

A proposta era levar livros – e, portanto, conhecimento – às famílias mais pobres da região. Para isso, as cinco mulheres enfrentaram inúmeros desafios, sendo os maiores deles a resistência e o preconceito. Em pouco tempo, os conservadores se voltaram contra elas, que não se acuaram. E foram recompensadas de maneiras que nem poderiam imaginar!

Já fazia mais de dois anos que eu não lia nenhum livro de Jojo Moyes. E Um caminho para a liberdade foi um belo lembrete de por que ela tem um posto entre os meus autores favoritos. Para escrever o livro, Jojo se baseou em uma história real. E saber que muitas das dificuldades retratadas na trama foram enfrentadas por mulheres que existiram de verdade só torna tudo ainda mais inspirador!

Pode-se dizer que personagens femininas cativantes são a especialidade de Jojo – como não se encantar com a personalidade de Lou, de Como eu era antes de você? Ou admirar a coragem de Sophie, de A garota que você deixou pra trás? E é justo dizer que, em Um caminho para a liberdade, a autora se supera, porque criou não apenas uma, mas cinco mulheres incríveis. E ao conhecê-las, temos basicamente duas opções: nos identificarmos ou desejarmos ser um pouco mais como elas.

romance é outro elemento constante nas histórias de Jojo e, em Um caminho para a liberdade, não é diferente. Porém, gostei muito que o foco não são os relacionamentos amorosos e que os personagens masculinos, embora maravilhosos, são realmente coadjuvantes. O protagonismo é todo das mulheres e de suas lutas – não apenas as que elas têm em comum, mas também as particulares.

E por fim, achei perfeito o fato de que tudo o que acontece em Um caminho para a liberdade cabe no contexto e na época em que a trama se passa, ao mesmo tempo em que traz força e inspiração para nós, aqui no século 21. Uma leitura para se divertir, se revoltar e se emocionar, o mais recente livro de Jojo é uma história sobre pertencimento. Lê-la é refletir sobre a importância da união entre as pessoas, e especialmente entre as mulheres – afinal, sem isso, um lugar é apenas um lugar, nunca um lar.

Título original: The Give of Stars
Autor: 
Jojo Moyes
Tradução: Ana Rodrigues, Catharina Pinheiro, Julia Sobral Campos e Maria Carmelita Dias
Editora: Intrínseca
Ano: 2019

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s