Resenha de Ascensão – Stephen King

Ascensão é exatamente como fogos de artifício. Explosão que pode machucar, mas que também ilumina e é bonita de se ver – ou, nesse caso, ler.

Scott Carey não para de emagrecer. Todos os dias, a balança marca quilos a menos, e ele não entende o porquê. Afinal, sua aparência continua exatamente a mesma e a quantidade de roupas que ele usa ou o que segura nas mãos não interfere no resultado. Intrigado, Scott procura o amigo e médico Bob Ellis para compartilhar a situação. Porém, sem respostas, os dois não têm o que fazer a não ser esperar que os números se reduzam a zero.

Enquanto isso, Scott se divide entre viver uma vida normal e resolver suas pendências – como, por exemplo, a situação com as vizinhas lésbicas, cujos cachorros insistem em fazer as necessidades em seu jardim. No entanto, enquanto tenta encontrar uma solução, Scott percebe que o problema vai além: as duas são alvo de preconceito dentro da comunidade e, talvez, ele mesmo não se exima dessa culpa. Ou seja, há muito o que reparar antes de a balança zerar.

Mais uma vez, Stephen King aposta na fantasia para falar sobre a realidade. E mais uma vez, cria uma história impossível, mas que não me fez pensar nem meia vez antes de acreditar. Em Ascensão, o autor nos traz uma metáfora para algo que a maioria de nós teme e que todos irão enfrentar um dia. Brinca com o desconhecido, colocando-o sob uma nova ótica e nos fazendo enxergar a plenitude e a beleza que podem existir dentro de tudo o que não sabemos.

Eu tinha altas expectativas para Ascensão pelos comentários que já havia lido sobre ele. Porém, não esperava que esse conto de 120 páginas pudesse me arrebatar de tal maneira – foi o livro do King com que mais me emocionei, depois de It, a coisa. Talvez porque a história corrobore muito do que penso quando penso sobre o assunto. E com certeza porque, por mais que seja dor, é também – e inesperadamente – força e esperança.

Não há muito o que eu possa falar sobre Ascensão sem entregar demais sobre a trama. Apenas recomendo que leiam se quiserem um livro sobre amizade, autoconhecimento, aceitação e superação. Recomendo também que entreguem-se à história fantástica (nos dois sentidos da palavra) que King nos apresenta. Que explorem as possibilidades que ele propõe. E, então, ascender será apenas uma consequência.

Título original: Elevation
Autor: 
Stephen King
Tradução: Regiane Winarski
Editora: Suma
Ano: 2018

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s