Resenha de Tudo que a gente sempre quis – Emily Giffin

O dinheiro é capaz de transformar as pessoas? Ou apenas faz com que elas sejam mais fiéis a quem realmente são?

Essas são as perguntas que atormentam Nina Browning. Mas, para quem vê de fora, a vida dela não poderia ser mais perfeita: casada com Kirk, um empresário bem-sucedido, Nina faz parte da elite de Nashville; além disso, Finch, o filho do casal, acabou de ser aceito em Princeton. No entanto, todos os privilégios são colocados em perspectiva quando um ato infeliz de Finch faz com que Nina se reconecte ao seu passado – e, talvez, a quem realmente é.

All we ever wanted foi um livro que me fez sentir orgulho de dizer que Emily Giffin é uma das minhas autoras preferidas! Sempre ressalto a capacidade da escritora de traduzir a essência da mulher moderna em suas tramas. Mas, em sua mais recente obra, ela simplesmente se superou!

Em All we ever wanted, Giffin explora o universo dos jovens e das redes sociais, abordando temas importantíssimos que vão desde diferentes tipos de preconceito e feminismo até a cultura do estupro. A maternidade, como de costume, está presente na história – diria até que é sua base. Mas a autora surpreende ao trazer também a visão de um pai solteiro e super-protetor, que erra e acerta na tentativa de criar uma garota forte e independente.

Entre tantos pontos altos, me apaixonei por Nina, aquela personagem com quem desejamos nos identificar. Acompanhar o fluxo de consciência dela nos faz parar para pensar em nossos valores e princípios e no quanto nossas atitudes realmente os refletem. E acima de tudo, nos faz reunir humildade e coragem para enxergar os nossos erros e tentar repará-los.

Personagens financeiramente privilegiados são frequentes nos livros de Giffin. Mas acredito que esta tenha sido a primeira vez em que ela colocou a questão em perspectiva. E com a honestidade que lhe é característica, a autora propõe uma série de reflexões e, como sempre, cria dilemas reais e repletos de camadas.

Extremamente atual, All ever wanted retrata duas gerações, cada qual com seus questionamentos e dificuldades, e ainda passeia por tantos outros temas ardilosos e que precisam ser discutidos e repensados. Por tudo isso, dizer que o livro é genial não seria exagero!

Título originalAll we ever wanted
Autor: Emily Giffin
Editora: Ballantine Books
Ano: 2018

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s