Resenha de O Desaparecimento de Josef Mengele – Olivier Guez

Anjo da Morte.

Não foi à toa que Josef Mengele ganhou o apelido durante a Segunda Guerra Mundial. Afinal, o médico da SS era o responsável por decidir o destino das vítimas de Auschwitz: as câmaras de gás, os trabalhos forçados ou seu cruel laboratório.

Em 1945, porém, Mengele conseguiu se ver livre de todas as atrocidades que cometeu e refugiou-se na América do Sul – a princípio, na Argentina de Péron. O médico ainda viveu mais de 30 anos em liberdade, até sua morte em território brasileiro. Mas se engana quem pensa que ele ficou totalmente impune por todo o sofrimento que causou.

E essa é a história verídica que o jornalista francês Olivier Guez conta em O Desaparecimento de Josef Mengele.

A princípio, o livro me chamou a atenção por dois motivos: por ser uma história real e por estar relacionada à Segunda Guerra Mundial. No entanto, o que realmente me fez decidir ler a obra foi a denominação “romance-verdade”. E foi realmente uma experiência diferente! Ao mesmo tempo em que me sentia lendo um livro de não ficção, por toda a contextualização que soa (e é) tão real, os diálogos e o fluxo de consciência de Mengele inevitavelmente nos remetem às tramas ficcionais.

Para nos trazer a história de Mengele, Guez teve o cuidado de literalmente seguir seus passos, viajando para Alemanha, Argentina e Brasil. E o resultado foi um relato bastante preciso da verdadeira caçada da qual o médico se tornou o alvo. A título de curiosidade, um dos pontos que mais gostei no livro foram os detalhes do governo de Péron – e como ele se relacionava com os nazistas que se refugiaram na América do Sul.

Ao contar a história de Mengele, Guez inevitavelmente humanizou seu “personagem”. Mas não na tentativa de nos fazer compreendê-lo (porque é praticamente impossível), mas por nos mostrar o poderoso Anjo da morte muitas vezes acuado e vulnerável. E sim, é revoltante que um criminoso de guerra como o médico alemão tenha, de certa forma, ficado isento de sua enorme culpa. Mas, ao ler as palavras de Guez, uma coisa é certa: a fuga de Mengele torturou cada um dos dias de sua vida pós-guerra.

Título originalLa Disparition de Josef Mengele
Autor: Olivier Guez
Editora: Intrínseca
Ano: 2017

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s