Resenha de Asiáticos podres de ricos (Crazy Rich Asians #1) – Kevin Kwan

Nicholas Young e Rachel Chu estão namorando há quase dois anos e moram juntos em Nova York. Quando ele a convida para conhecer sua família em Cingapura, Rachel imagina diferentes cenários, mas nada pode prepará-la para o que de fato irá encontrar: famílias podres de ricas, que moram em palácios e viajam em jatinhos particulares. Antes mesmo de pisar em território asiático, Rachel se torna o alvo de fofocas e intrigas que podem colocar tudo a perder. E quando Eleanor Young, a mãe de Nick, entra em cena, não é apenas o relacionamento dos dois que está em jogo.

Confesso que a leitura de Asiáticos podres de ricos não foi fácil no início: muitos nomes diferentes, diversas famílias e ligações entre elas! Mas, assim que memorizei os personagens e suas conexões, o livro se tornou viciante! Kevin Kwan tem um humor ácido e perspicaz que dá o tom ideal à narrativa, tornando a trama divertida, mas evitando que ela perca o propósito e o significado. Porque é claro que, em alguns momentos, é praticamente impossível não desejar ser podre de rico também. Mas, graças ao sarcasmo velado do autor, também é praticamente impossível (para mim, pelo menos, foi) não achar que esse nível de ostentação é ridículo e totalmente desnecessário.

Para as famílias que conhecemos em Asiáticos podres de ricos, a riqueza é muito mais do que dinheiro,luxo, propriedades e bens materiais – é tradição. No início do livro, ainda na década de 1980, Kevin Kwan nos mostra o preconceito que os asiáticos (mesmo os podres de ricos) sofriam na Europa. E mesmo assim, eles não pensavam duas vezes antes de humilhar aqueles que julgavam inferiores – seja pelo poder aquisitivo ou simplesmente por não descenderem de famílias dinásticas. No entanto, para alguns personagens, a riqueza é ainda mais do que tudo isso: é a barreira quase intransponível que fica entre eles e o aquilo que realmente querem.

Asiáticos podres de ricos pode ser um livro divertido e um chick lit de primeira. Mas, se vocês querem saber, foi também uma história que me fez refletir bastante sobre o dinheiro que tanta gente tanto deseja. O quanto custa ser podre de rico? E o que se perde quando se tem tanto? De maneira despretensiosa, mas não irresponsável, Kevin Kwan reforça que dinheiro não é tudo. Aliás, riqueza de verdade é saber que o que realmente tem valor não pode ser medido em cifras.

Título original: Crazy Rich Asians
Editora: Record
Volumes seguintes: China Rich GirlfriendRich People Problems
Autor: Kevin Kwan
Ano: 2013
Páginas: 490
Tempo de leitura: 7 dias
Avaliação: 4 estrelas

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s