Semana Especial Dia Internacional da Mulher: sobre Jojo Moyes

Para o segundo dia da semana especial Dia Internacional da Mulher, escolhi falar sobre Jojo Moyes. A princípio, pode parecer que a autora é especialista em romances água com açúcar, no melhor estilo chick lit. E, em partes, é verdade. No entanto, os livros de Jojo vão muito além – como descobri logo na primeira obra que li dela, o maravilhoso A Última Carta de Amor.

Mais do que histórias DE amor, a autora cria histórias SOBRE o amor. E, assim, suas tramas se tornam lições valiosas, que retratam a força e a essência do amor verdadeiro sem serem românticas ou açucaradas demais. Para isso, Jojo lança mão de dilemas complicados, enredos paralelos, roteiros originais e muita contextualização – muitas vezes, até social e política.

Mas o que realmente me conquistou na obra de Jojo é como ela é capaz de mostrar que o amor torna as mulheres mais fracas e vulneráveis e, ao mesmo tempo, mais fortes e resistentes. Como a força do amor muitas vezes não destrói barreiras, mas constrói formas de contorná-las. O que quero dizer é que Jojo não escreve histórias em troca de suspiros vazios. Ela cria personagens e situações que nos fazer enxergar o amor como algo complicado, doloroso, uma faca de dois gumes. E exatamente por isso, real, possível e altamente desejável.

selo2016

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s