Mês do Terror: sugestões de filmes e leituras


Não é novidade para ninguém que amo filmes e livros de terror! E é óbvio que vou aproveitar o começo do mês de outubro para dar algumas dicas para quem também é fã (vamos apenas ignorar o fato de que, no Brasil, o Halloween não é exatamente a data mais popular). Enfim, escolhi algumas leituras e filmes que realmente me assustaram e mexeram comigo para compartilhar com vocês. E também espero indicações :)

LEITURAS

A Desconstrução de Mara Dyer, Michelle Hodkins
A Desconstrução de Mara Dyer não é oficialmente uma história de terror, mas conta com cenas mais assustadoras do que muitos filmes e livros do gênero. É difícil falar sobre a obra, que é o primeiro volume da trilogia, sem entregar detalhes cruciais. No entanto, fica a dica para quem gosta de tramas cheias de reviravoltas e com uma dose de romance.

Caixa de Pássaros, Josh Malerman
Caixa de Pássaros é um livro que divide opiniões. Alguns amam, outros odeiam. Eu, particularmente, gostei bastante da atmosfera que Josh Malerman criou e estou muito curiosa pela adaptação cinematográfica. Bom, uma história que envolve suicídio em massa, olhos vendados e um cenário pós-apocalíptico sempre vale a leitura, certo?

IMG_4704

It: A Coisa, Stephen King
It: A Coisa é o tipo de livro que eu acho que estará para sempre no meu Top 10. Porque, como todas as histórias que li de Stephen King até hoje, não se trata de terror pelo terror. Além das cenas assustadoras e da atmosfera macabra e doentia, It tem também uma carga emocional forte, o que faz com que o leitor realmente se coloque no lugar dos personagens. Como não sou muito fã da adaptação cinematográfica de 1990, estou ansiosa pelo remake dirigido por Andy Muschietti – embora seja contra a divisão entre passado e presente.

O Adulto, Gillian Flynn
Sem abandonar suas principais características, Gillian Flynn faz uma breve visita ao gênero de terror. E, como já era de se esperar, presenteia o leitor com um conto inteligente, intrigante e, claro, surpreendente. Só para dar um gostinho, vou dizer que o O Adulto envolve uma casa supostamente mal assombrada, uma charlatã e um garoto de ar psicótico.

O Iluminado, Stephen King
O clássico de Stephen King e também da literatura de terror não poderia ficar de fora da lista! Se eu soubesse como esse livro é incrível, não teria demorado tanto para lê-lo. Além de uma obra inegavelmente assustadora, O Iluminado é também uma história delicada sobre os fantasmas de um homem. E, como sempre, ao mesmo tempo em que explora a psique humana, King é capaz de criar cenas que realmente mexem com o leitor.

IMG_8390

O Vilarejo, Raphael Montes
O Vilarejo é o livro perfeito para quem gosta de terror com muito sangue e violência. São sete contos, cada um inspirado em um pecado capital, que se passam entre os moradores de uma pequena e sombria comunidade assolada pelo frio e pela fome. As histórias são assustadoras e macabras, mas a grande sacada de O Vilarejo está no prefácio e nos posfácio.

Bônus #LuzAcesa
#LuzAcesa não se trata de um livro, mas tem histórias de terror assustadoras. Na hashtag, Andreia Freitas conta casos de assombrações todo final de semana, a partir da 0h, no Twitter (@naoinviabilize). O mais legal é que as histórias são supostamente verídicas e se passam em cidades brasileiras. Mal descobri (graças à Rafaela) e já estou viciada!

FILMES

A Chave Mestra
Bruxaria e magia negra em filmes de terror não mexem comigo. Eu gosto mesmo é de fantasma e assombração. Mas toda regra tem sua exceção e A Chave Mestra é a minha. Adoro a atmosfera macabra e misteriosa do filme, que tem uma trama inteligente e bem amarrada. A história segue uma crescente, mas o plot twist que causa arrepios vem em um momento completamente inesperado.

 A Entidade
Sempre ouvi muitos elogios a A Entidade e, quando assisti, não me decepcionei. O filme conta a história de um escritor de livros de crime que decide se mudar com a mulher e os filhos para uma casa onde uma família inteira foi assassinada. Ou seja, a receita perfeita para uma história de terror! O longa conta com cenas realmente assustadoras e tem um roteiro muito bem amarrado. E o desfecho tem aquele toque mind fuck que eu amo!

a-entidade

Espíritos – A morte está ao seu lado Espíritos 2 – Você nunca está sozinho
Já faz 10 anos que assisti Espíritos – A morte está ao seu lado  no cinema e, até hoje, o considero um dos terrores mais assustadores que já vi. Além de contar com uma trama bem amarrada, o longa é tailandês e os filmes asiáticos do gênero costumam ser ainda mais perturbadores do que os hollywoodianos, pois contam com cenas tão sutis quanto arrepiantes. Suspense, roteiro inteligente, reviravoltas e cenas muito, muito, muito feias. A franquia tem todos esses ingredientes e vale a pena assistir!

Invocação do Mal  1 2
Filmes como O Sexto Sentido, Bruxa de Blair Os Outros ressuscitaram o terror no final dos anos 90/início dos anos 2000 e também elevaram demais as expectativas em torno dos filmes do gênero. E, como fã de horror, posso dizer que foi decepção atrás de decepção. Por isso, quando fui assistir a Invocação do Mal no cinema, em 2013, não esperava nada demais. Mas, para minha grata surpresa, fui presenteada com um roteiro bem construído, cenas perturbadoras e sustos dignos dos melhores filmes de terror – sem falar que a trama foi inspirada em uma das histórias reais de Ed e Lorraine Warren. E o melhor é que Invocação do Mal 2, que tinha grandes chances de ser um fracasso (como todas as sequências de filmes bem sucedidos), segue a mesma fórmula do primeiro, mas também traz novos elementos. Meu favorito dos últimos tempos, com certeza!

invocacao-do-mal-2-1

Os Estranhos
O roteiro é simples: três pessoas estranhas invadem uma casa de veraneio e, em vez de “simplesmente” assassinar o casal que lá se encontra, fazem tortura física e psicológica. Mas sabe o que realmente me assusta nesse filme? É a ausência da dúvida: essa história pode acontecer a qualquer momento na vida real. Lembro de ter saído do cinema com uma sensação bem ruim – ou seja, o filme cumpre o que promete.

O Exorcista
Existem filmes de terror que marcaram épocas, mas que, com o passar dos anos, se tornaram obsoletos em termos de efeitos especiais e acabaram perdendo um pouco do apelo – Poltergeist é um bom exemplo, na minha opinião. No entanto, esse definitivamente não foi o caso de O Exorcista. Lançado em 1973, o filme é considerado um dos terrores mais assustadores até hoje e é, com certeza, um dos longas mais icônicos do gênero. E quando todos achavam que ele já era perturbador o suficiente, a versão do diretor, lançada em 2001, mostrou que tudo sempre pode ser pior.

os-outros

O Sexto Sentido
Há quem considere O Sexto Sentido um filme de suspense. E eu concordo, mas não consigo deixar de considerá-lo também um terror quando lembro de certas cenas. Lembro que, lá em 1999, quando foi lançado, o longa não apenas conquistou e assustou os telespectadores, como também levou os títulos dos gêneros de suspense e terror a outro nível! Até hoje, O Sexto Sentido me surpreende e me encanta (sim, encanta, porque, além de assustador, consegue ser também de uma sensibilidade incrível) e é um dos meus filmes preferidos de todos os tempos!

Os Outros
E se O Sexto Sentido elevou o nível dos filmes de terror/suspense, Os Outros, lançado dois anos depois, mostrou que ainda era possível surpreender o telespectador com uma fórmula similar, mas que é entregue de uma forma completamente diferente.

Quem já leu ou assistiu algum desses livros e filmes? O que acharam?

Anúncios

4 thoughts on “Mês do Terror: sugestões de filmes e leituras

  1. Odeio o gênero de terror por ser medroso, mas sou uma coisa contraditória porque ao mesmo tempo que odeio também amo e por isso sempre tento ler ou assistir filmes com essa temática só para passar medo. kkkkk e cá para nos o terror prende muito mais o leitor por causa de toda aquela tensão e mistura de sentimentos a cada nova cena ou capítulo.

    1. Hahahaha sei como é! Também sou medrosa, mas adoro passar um medinho!
      E concordo com você sobre os livros de terror! O problema é que, assim como os filmes, muitos são “propaganda enganosa” :(

  2. Bom, como vc sabe, sou uma cagona e não assisto filme de terror… Coisa que eu adorava quando criança.
    Não sei se por isso, mas tbm não leio livros… Li Carrie, mas não curti mto. Enfim, da lista de livros não li absolutamente nenhum… Comecei Mara Dyer, mas não segui em frente. Um dia, quem sabe. Mas acho que a leitura não me aterroriza tanto, sabe? A imagem tem um efeito pior.
    Agora dos filmes, assisti alguns: Espíritos, O Exorcista, O Sexto Sentido, A Chave Mestra, Os Outros… Todos me deram mto meda, principalmente Espíritos e Exorcista e A Chave Mestra. Tem um que vc não citou, mas eu morro de medo… Silent Hill. No filme tem um sino, q meu deus… Só de ouvir algo parecido já me arrepio toda.

    Beijos!!

    1. Acho que nunca assisti Silent Hill. Será que tem na Netflix? Hahaha!
      Pra mim, imagem aterroriza mais, mas, ao mesmo tempo, imaginar tudo sem ter em que se basear, a não ser nossos próprios fantasmas, também é terrível! Tudo depende do livro e do talento do autor, haha!
      E espero que um dia você leia Mara Dyer.Amo tanto!
      Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s