Livro x Filme: Como eu era antes de você

me-before-you-2

Os 3 anos de espera pela adaptação de Como eu era antes de você chegaram ao fim! E, embora tenha algumas ressalvas a fazer sobre o filme, posso dizer que valeu a pena criar as inevitáveis expectativas. Quando reli a obra de Jojo Moyes, em fevereiro deste ano, aproveitei para fazer um post com meus palpites sobre o que esperar do longa e, agora, vamos descobrir quais foram meus erros e acertos.

Sam Claflin (como já era esperado) é o Will Traynor perfeito: indiscutivelmente lindo e insuportavelmente sarcástico. E, sem poder usar nada além das expressões faciais e da voz para interpretar o personagem, pode-se dizer que Sam não deixou nada a desejar. Afinal, é difícil ignorar a acidez, o sofrimento e o carinho em cada uma de suas palavras, assim como as sobrancelhas extremamente expressivas – que só perdem para as de Emilia Clarke. No entanto, acho que, principalmente para quem não leu o livro, a impressão que fica é que Will muda de comportamento muito rápido, o que definitivamente não é uma crítica a Sam e, sim, à construção do roteiro.

me-before-you-1

Também não consigo imaginar nenhuma atriz melhor para interpretar Louisa Clark. Como não assisto a Game of Thrones, não conhecia o trabalho de Emilia até os primeiros teasers da adaptação de Como eu era antes de você. Quando ela foi anunciada como Lou, confesso que torci o nariz, pois acho que não havia imaginado a personagem assim fisicamente. No entanto, quando vi a primeira foto de Emilia caracterizada, consegui enxergar nossa protagonista nela. E quando assisti ao primeiro vídeo, foi impossível não me encantar. Emilia é contagiante e, apesar de ser extremamente alegre, guarda uma certa tristeza, exatamente como Lou! E que senso de humor! A atriz simplesmente arrasou, tanto nas cenas felizes, quanto nas tristes, levando os espectadores de um extremo a outro.

Como eu já imaginava, a família de Lou foi totalmente coadjuvante no filme: Treena mostra como é chata em alguns momentos, mas nada que se compare ao livro; a mãe de Lou também economiza comentários desagradáveis, no entanto, verdade seja dita, desempenha a parte fundamental de seu papel (que não vou revelar para não dar spoiler); o pai, embora com poucas participações, é tão amável quanto na obra original; já Patrick foi o personagem mais negligenciado: apesar de protagonizar algumas cenas engraçadas, não aparenta ser o insuportável egoísta que é e até parece realmente gostar de Lou.

mebeforeyou-birthdaybumblebeesocks

Do lado de Will, o pai é uma pessoa infinitamente melhor no filme e a irmã aparece em, literalmente, uma cena. E como eu já imaginava, mostrar o lado de Camilla Traynor realmente não foi uma das prioridades de Hollywood. A personagem tem sua importância bastante reduzida na trama e, embora seja sisuda e distante, exatamente como no livro, exerce muito menos influência na história de Will e Lou. Na minha opinião, havia espaço para desenvolver Camilla com mais profundidade, mas também acredito que, na adaptação, este aspecto não seria de tanta relevância.

Um dos meus principais receios era que a adaptação de Como eu era antes de você não mostrasse a realidade da tetraplegia. Ok, não é o filme mais profundo sobre o tema, mas também não passa batido pelas dificuldades que a situação impõe. Por outro lado, Lou convence Will a sair de casa com muita facilidade e, apesar dos percalços na cena do hipódromo, tudo corre bem demais. Outro medo meu era de que o filme não mostrasse o lado de Will e entregasse de bandeja a moral da história. Mas, para minha felicidade, isso definitivamente não aconteceu.

maxresdefault

Apesar do teor dramático, a adaptação de Como eu era antes de você conta com um senso de humor imbatível! E até arrisco dizer que, graças a Sam e a Emilia (além dos próprios recursos do cinema, é claro), o filme diverte muito mais do que o livro. Sobre as lágrimas, é claro que chorei, mas os soluços e fungadas coletivos não permitiram que eu me concentrasse nas minhas próprias emoções. O que não quer dizer que o filme não seja arrebatador, assim como a história original.

Quando vi que a versão cinematográfica de Como eu era antes de você teria apenas 109 minutos de duração, fiquei preocupada. Afinal, embora não seja exatamente grande, o livro apresenta certa complexidade e é rico em detalhes e acontecimentos. Sim, a adaptação poderia ter 20 ou até 30 minutos a mais. Mas, se era para desenvolver a trama em menos de 2 horas, a missão foi cumprida com êxito e a edição do que entraria ou não foi muito bem feita. Porque a verdade é que a adaptação de um livro nunca será 100% fiel e, no final das contas, o que realmente importa é que a essência seja a mesma. E Como eu era antes de você é uma boa prova disso.

Título original: Me Before You
Diretor: Thea Sharrock
Ano: 2016
Minutos: 109
Elenco: Emilia Clarke, Sam Claflin, Matthew Lewis e Janet McTeer
Avaliação: 4 estrelas

Anúncios

5 thoughts on “Livro x Filme: Como eu era antes de você

  1. Gostei da sua review, estou mais ansiosa agora pelo filme!!!
    Sabe que no A culpa é das estrelas, mesmo com toda a choradeira, eu chorei também, e o pior, eu começava a chorar antes de todo mundo porque já sabia o que estava por vir!
    E ainda teve uma cena que me pegou desprevenida! Espero que aconteça o mesmo com este!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s