Como eu avalio um livro?

img_2769

Não sou nenhuma especialista em livros, mas, graças à internet, sei que minha opinião conta para algumas pessoas na hora de escolher uma leitura – fico muito, muito, muito, muito feliz por isso e é claro que o mesmo acontece comigo! Por isso, pensei em contar um pouco sobre como avalio um livro. No final das contas, é tudo muito subjetivo, mas alguns fatores se destacam e acabam me ajudando sempre a determinar quantas estrelas uma leitura merece!

O início
Todo mundo sabe que as primeiras páginas de um livro são determinantes. Por mais chatas que sejam, talvez elas não façam você desistir da história, mas com certeza irão influenciar no seu ritmo de leitura e nas suas expectativas sobre a obra. Ou seja, o começo do livro precisa ser legal o suficiente para prender o leitor, mas não pode ser mais envolvente do que o resto da história.

* O Começo de Tudo é um livro com um começo absurdamente incrível, mas desenrolar medíocre e final pior ainda.

O meio
Existem livros que contam com inícios e desfechos arrebatadores, mas que são chatos no meio do caminho. Claro que isso já é melhor do que ser inteiro chato, mas acredito de verdade que um livro deve valer a pena por todo o processo, e não apenas pelo final.

* O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares foi um livro que começou e terminou bem, mas que poderia ter um meio mais legal.

O fim
Se o início e o meio da história não fossem tão fundamentais na arte de (des)engajar o leitor, eu diria que o final é a parte mais importante de uma trama. Mas a verdade é que de nada vale um desfecho incrível, se todo o resto for desagradável ou medíocre, assim como é frustrante demais quando um final é brochante.

O Presente é um clássico exemplo de um livro com uma proposta bacana e começo e meio interessantes, mas que coloca tudo a perder no final.

A proposta
Talvez a proposta de um livro seja o mais importante na hora de avaliar uma obra. Digo isso porque, sempre que começo uma leitura, gosto de ter bem claro para mim mesma qual é o intuito da história: divertir, chocar, polemizar, assustar, encantar e por aí vai… Afinal, não adianta ler Romeu e Julieta esperando por gargalhadas! E é esse fator que faz com que um livro considerado mais superficial ou até fraco ganhe mais estrelas do que outro mais denso e aclamado.

* É por causa da proposta que Anna e o Beijo Francês tem 5 estrelas, enquanto O Retrato de Dorian Gray tem 4.

A sinopse
Eu sempre digo que não costumo ler sinopses e é verdade. Mas, de vez em quando, acabo dando uma espiada ou alguém me fala sobre o livro e, em alguns casos, é inevitável me interessar. A partir do momento em que você sabe qual a trama de uma história, é impossível não imaginar como ela vai se desenrolar e criar expectativas. E poucas coisas são mais frustrantes para um leitor do que um livro que não cumpre o que promete. Às vezes, a obra nem é ruim, mas esperamos tanto algo diferente, que fica difícil engolir.

* Li a sinopse de A Febre e esperava uma história muito diferente da que li. Infelizmente.

Os personagens
Os personagens de um livro são os responsáveis por nos contar histórias, mas, assim como na vida real, se “o santo não bater”, não adianta! É claro que odiar um personagem não é o suficiente para desistir de uma leitura, mas é sempre mais legal e marcante quando a gente se apaixona por eles também, né?

* Eu nem gosto tanto de A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, mas com certeza poderia gostar mais se a protagonista não fosse tão mala. 

A identificação
Muitas vezes, o livro nem é tããão bom, mas nos identificamos tanto com a história ou com algum aspecto dela, que a obra se torna especial e inesquecível! É algo muito pessoal e que, definitivamente, não adianta discutir!

* Eu amo Para todos os garotos que já amei, mas tenho certeza de que amo mais a Lara Jean do que o livro em si.

O padrão do autor
O padrão do autor segue mais ou menos o mesmo raciocínio da proposta do livro. Não dá para ler um livro da Meg Cabot esperando a densidade da Lionel Shriver ou mergulhar em uma obra de Jojo Moyes achando que não terá romance.

* Falando em Lionel Shriver, A Nova República é um bom livro, com trama original e surpreendente, mas não dá para ser comparado com outros livros da autora. 

A fluidez
Tem vezes que o livro é bem mais ou menos, mas é tão fácil de ler que até merece uma estrela a mais por isso. E o contrário também acontece: quando uma história, apesar de maravilhosa, dá umas empacadas e a leitura acaba ficando cansativa em alguns momentos.

O Pintassilgo é um dos livros mais incríveis que já li. No entanto, não é nada fluido e acaba se tornando super cansativo de ler.

A hora certa para o livro certo
Assim como a identificação com a história, a hora certa para o livro certo também é muito pessoal e subjetiva. Tem livros que não gosto e que sei que nada mudaria a minha opinião. Mas outros me dão a impressão de que, se eu tivesse lido em outro momento, a história poderia ser diferente – para o bem e para o mal.

* Na minha “carreira” de leitora não existe um livro que tenha sido lido mais na hora certa do que o maravilhoso As Vantagens de Ser Invisível.

 

Confesso que não foi simples pensar em tudo o que passa na minha cabeça na hora de avaliar um livro. Mas foi uma experiência interessante! E vocês, como decidem se um livro é bom, mais ou menos ou ruim?

Anúncios

5 thoughts on “Como eu avalio um livro?

  1. Eu faço a mesma coisa para analisar um livro porque assim fica muito mais interessante quando o livro é bom porque você faz a historia durar mais um pouco quando repensa em tudo sobre aquele universo dentro das páginas. Não sei se você faz isso, mas eu faço aqueles quadros igual de detetives e coloco esses pontos que você usa como analise como um panorama enquanto vou lendo o livro e isso vem sendo incrível você fica tão imerso no universo e quase nunca esquece da historia durante a leitura igual quando li a “Iliada” em canto muito extenso mais ótimo historia, personagens fantásticos e todos os momentos bem feitos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s