Resenha de A Mediadora – Lembrança (A Mediadora #7) – Meg Cabot

img_2312

Tudo parece estar correndo bem para Susannah Simon, já que terminou a faculdade, se aventura em seu primeiro emprego e está noiva de Jesse. Mas a vida de Suze pode ser qualquer coisa, menos tranquila: além de ter que lidar com o poderoso espírito de uma garotinha morta há quase uma década, ela também terá que enfrentar fantasmas do passado. E é claro que o belo e perigoso Paul Slater aparece na história, com uma proposta que será difícil para Suze recusar.

>> Encontre o melhor preço de A Mediadora – Lembrança

Quando Meg Cabot anunciou que lançaria o sétimo volume de A Mediadora, fiquei dividida entre o medo e a empolgação. Afinal, faz mais de 10 anos desde Crepúsculo, o até então último livro da série, e como fã incondicional de Susannah Simon, não teria como não ficar curiosa. Mas a verdade, por mais que doa admitir, é que os livros mais recentes de Meg deixaram a desejar e realmente me desapontaram. E daí veio o medo. No entanto, ler Lembrança sempre esteve nos meus planos (até fiz a terceira releitura de A Mediadora) e fico feliz em dizer que Meg ainda sabe o que faz.

O novo livro segue exatamente o mesmo formato dos outros: um caso de mediação especialmente complicado e perigoso e questões em paralelo com Jesse – que agora não é mais um fantasma e, sim, o noivo em carne e osso de Suze. No entanto, apesar da repetição do padrão, há que se dizer que a trama é mais densa, surpreendente e bem amarrada do que os volumes anteriores. Isso porque, acredito eu, pelo menos num primeiro momento, os leitores de Lembrança serão aqueles que “cresceram” com Susannah Simon – ou seja, já estão longe dos 16 anos.

Suze, aliás, está ainda mais ácida e engraçada do que o costume. E como Jesse, cavalheiro e religioso que é, se recusa a consumar a relação antes do casamento, é especialmente divertido vê-la lidando com a situação. Já ele continua maravilhoso como sempre – talvez até mais – e, claro, é o responsável pelo toque de romance da história. Confesso que achei o livro um pouco mais longo do que deveria ser – tem quase 400 páginas, enquanto os outros volumes têm menos de 300. Mas, após 11 anos sem nenhuma história “fresca” sobre Suze e Jesse, confesso que não vou reclamar de ter lido algumas páginas “a mais”.

Título original: Remembrance
Editora: Galera Record
Autor: Meg Cabot
Volumes anteriores: A Terra das Sombras, O Arcano Nove, Reunião, A Hora Mais Sombria, Assombrado e Crepúsculo O Pedido
Ano: 2016
Páginas: 388
Tempo de leitura: 2 dias
Avaliação: 5 estrelas

Veja mais livros de Meg Cabot

Anúncios

18 thoughts on “Resenha de A Mediadora – Lembrança (A Mediadora #7) – Meg Cabot

  1. Li o primeiro livro sa série a uns 2 anos atrás em uma viagem e amei devorei em 2 dias, mas depois disso nunca mais procurei mais nada da autora para ler. Sua resenha me estimulou a ler a série todo agora quem sabe dessa vez eu consiga ler tudo hahaha.

    Beijos

  2. Gostei muito de Lembrança. Mas, confesso que teria gostado mais se algumas partes fossem melhor exploradas – como a parte da “mitologia” acerca da suposta maldição.
    De qualquer forma, foi maravilhoso rever personagens tão queridos, especialmente depois de tanto tempo.
    O interessante é que nunca gostei muito do Paul. Porém, passei a vê-lo com outros olhos quando terminei esta leitura.
    Fiz uma resenha no meu blog também, caso queira ler.

    Adorei seu post! Beijos

    http://www.brunapezzan.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s