Resenha de P.S.: Ainda amo você (Para todos os garotos que já amei #2) – Jenny Han

img_1849

O namoro de Lara Jean e Peter começou como uma mentirinha inocente, mas tomou proporções inesperadas e acabou se tornando verdade. Agora, além de lidar com os desafios dessa nova relação, ela precisa conviver também com Genevieve, a sempre presente ex-namorada de Peter. E como se tudo isso já não fosse o suficiente, um garoto do passado de Lara Jean retorna a sua vida, trazendo também sentimentos do passado e, claro, novas dúvidas e dilemas.

Encontre o melhor preço de P.S.: Ainda amo você

Ah, que livro fofo! Se Para todos os garotos que já amei é um young adult apaixonante e com as melhores características do gênero, a continuação, P.S.: Ainda amo vocêsegue o mesmo ritmo e não deixa a desejar em nada! A história se passa logo depois do final do primeiro livro e Lara Jean está mais romântica e apaixonada do que nunca. A irmã mais velha, Margot, está menos desagradável do que no volume anterior e Kitty, a caçula, rouba a cena mais uma vez com seu humor ácido e peculiar.

Quando se perde alguém e dói, é aí que a gente sabe que o amor era real.

E se Lara Jean está mais apaixonada do que nunca, a “culpa” só poderia ser do irresistível, porém dúbio, Peter Kavinsky. No entanto, além de ter que resolver os conflitos envolvendo a ex-namorada, o “galã” terá concorrência forte e, se bobear, pode perder o amor de Lara Jean – e é óbvio que é aí que estão as maiores surpresas e reviravoltas de P.S.: Ainda amo você.

É claro que a história foca no romance e nas dúvidas e medos da protagonista. Jenny Han, no entanto, foi muito inteligente em contextualizar e enriquecer a história abordando a forma como a internet mudou, sobretudo, o universo dos adolescentes. Outro assunto extremamente pertinente e que a autora também fez questão de pontuar foi a ideia de que as meninas e mulheres são as únicas donas de seus corpos e vontades – mas sem soar feminista demais ou moralista.

P.S.: Ainda amo você é previsível, sim, mas também surpreende em alguns momentos. Pessoalmente, adoro a forma como Jenny Han mostra a relação entre as irmãs e retrata a ausência da mãe de maneira sensível, porém realista. Você pode até desejar que os conflitos fossem mais complexos ou resolvidos de maneira menos romântica. Mas, vamos lá, é um young adult e, no final das contas, tudo o que você vai querer é ser Lara Jean.

Título original: P.S.: I still love you
Editora: Intrínseca
Volume anterior: Para todos os garotos que já amei
Volume seguinte:
Agora e para sempre, Lara Jean
Autor: Jenny Han
Ano: 
2015
Páginas:
298
Tempo de leitura:
 2 dias
Avaliação:
4 estrelas

selo-2015

Anúncios

12 thoughts on “Resenha de P.S.: Ainda amo você (Para todos os garotos que já amei #2) – Jenny Han

    1. Hahaha! Eu era muito Team Peter! E senti falta do Josh! Mas, para mim, ela ficar com o John seria simplesmente deixar as questões com o Peter de lado e começar algo novo e fácil. Fofo de qualquer jeito <3

  1. Ai Ná…como havia dito, mixed feelings sobre este livro…o primeiro foi muito fofo e eu amei, mas o segundo foi muito confuso e acho que o final poderia ser melhor trabalhado. De qualquer maneira, sou #teampeter hehehe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s