Resenha de Felizes para sempre – Kiera Cass

IMG_9784

Felizes para sempre é a antologia de contos da série A Seleção e, além de O Príncipe O Guarda, que já estavam em Contos da Seleção, traz também A Rainha, A Favorita, Cenas de Celeste, A Criada e Depois de A Escolha (epílogo bônus). Quando vi o livro pessoalmente pela primeira vez, quase morri com tanta beleza. Além da capa que segue o padrão impecável de todas as outras (a minha edição é hardcover <3), o livro conta com ilustrações simplesmente incríveis e que retratam com perfeição a atmosfera mágica e glamourosa que envolve o palácio de Illéa.

>> Encontre o melhor preço de Felizes para sempre

Agora, vamos aos contos. A Rainha conta um pouco sobre a Seleção do rei Clarkson, sob o ponto de vista de Amberly, que seria a escolhida. Na introdução, Kiera Cass afirma que o conto “diminui um pouco a figura” da rainha e ela estava certíssima. Além de mostrar que o rei Clarkson sempre foi violento, machista e elitista, a história retrata uma Amberly apaixonada de forma incondicional e muito mais passiva do que imaginamos ao ler os três primeiros livros da série – mas, afinal, de que outra maneira ela poderia aguenta o rei por tanto tempo? De qualquer forma, se Maxon é gentil, generoso e justo como de fato é, a responsabilidade é toda dela.

Ame a si mesmo um pouco mais, até não aguentar mais a vida sem amar alguém.

A Favorita conta a história de Marlee, que participou da Seleção de Maxon e se tornou a melhor amiga de America. O conto foca em como a Selecionada conheceu e se apaixonou pelo soldado Woodwork e revela o que aconteceu antes, durante e depois do açoitamento público dos dois. A Favorita é fofo e perfeito para quem ama romances e histórias de amor proibido, mas achei um pouco melodramático demais para o meu gosto. Eu já havia lido O Príncipe e O Guarda no ano passado, então, não os li novamente. Mas eles são os mais longos e realmente nos levam a conhecer e compreender um pouco melhor Maxon e Aspen – e, se você ainda estiver dividida entre eles, a se decidir de que time é.

A Criada é o último conto de Felizes para sempre e, para mim, foi o mais interessante, já que narra como Lucy reagiu ao descobrir a história entre Aspen e America. Além dos contos, o livro traz as Cenas de Celeste, que tinham potencial para ser a melhor parte da obra. Isso porque passamos os três primeiros livros da série odiando Celeste loucamente e, no final de A Escolha, ela consegue se redimir. E as cenas seriam uma ótima maneira de mostrar a evolução da personagem e o que a motivou a se regenerar, no entanto, são muito curtinhas e tudo acaba se tornando um pouco superficial. Uma pena!

Depois de A Escolha é o epílogo do terceiro livro da série e nos mostra um pouco da vida de America e Maxon dois anos após o final da Seleção. O clima é de felicidade total e justifica o título, ainda que a história continue quase 20 anos depois, com novas questões e problemáticas, em A Herdeira. Enfim, Felizes para sempre é uma ótima leitura complementar para quem gosta da série A Seleção e a maneira perfeita de matar aquela saudade que sentimos do Maxon!

Título original: Happily Ever After
Editora: Seguinte
Volumes da série: A SeleçãoA Elite, A EscolhaA Herdeira e A Coroa
Autor: Kiera Cass
Ano: 
2015
Páginas:
446
Tempo de leitura:
 2 dias
Avaliação: 
3 estrelas

logo seguinte

Anúncios

8 thoughts on “Resenha de Felizes para sempre – Kiera Cass

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s