Eles recomendam!

O ano está acabando e, para quem tem metas literárias, o tempo para cumpri-las também! Então, quem sabe as indicações do Eles recomendam! de novembro não seja um incentivo? Eu já li – e adoro – as escolhas da Ká e da Rafa e já coloquei a sugestão da Angel na wishlist :)

elesrecomendam-1Angela Dias – Adeus, por enquanto, Laurie Frankel
Quando comprei esse livro na Bienal de 2014, pensei: esse é de chorar, vou comprar e ler quando der. Apesar do título que já mostra que haverá uma despedida, o livro no seu começo nos faz acreditar que o pior já passou e o pior pode ser trabalhado para melhor, porém o mais engraçado da leitura é como o autor consegue mostrar que o melhor pode ser o pior ainda assim (como sempre, sou muita confusa em minhas opiniões rs). Sofrer uma perda é uma dor imensurável, ainda mais quando é de alguém muito próximo e a forma como você lida com o luto é essencial para você continuar a vida. Mas como aceitar? Como continuar a viver? E como lidar quando o luto afeta alguém próximo a você da qual você não fez parte da perda? Eu particularmente sou uma pessoa que nunca passou pelo luto e não sei como lidar de verdade. Algumas coisas são muitos fáceis na teoria, mas na prática, bom, na prática devem ser muito doloridas. Há um trecho que a autora diz: “Não sabemos realmente o que dizer para pessoas de luto. Na nossa cultura somos muito ruins nisso. Só queremos que as pessoas superem logo de uma vez. Fiquem alegres e sigam em frente. É o que pensamos quando não estamos em luto nós mesmos.”, e isso justamente sou eu hoje lidando com o luto dos demais… Nunca seremos capazes de entender se nós mesmos não vivê-los. Esse livro foi o que mais fiz marcações na vida de trechos que me identifiquei. Apesar de no começo ter achado o livro um tanto “devagar”, após uma série de acontecimentos, consegui me prender na história a ponto de sofrer com os personagens. É um livro para chorar, para se apaixonar, para ter ressaca depois e (momento clichê) para enxergar que às vezes a perda é necessária para que você possa dar valor aos pequenos momentos…

elesrecomendam-5Karina QuerozGarotas de Vidro, Laurie Halse Anderson
Garotas de Vidro é o tipo de livro que a sinopse não diz nada, absolutamente nada mesmo, sobre o real teor da história. Lia e Cassie são amigas de longa data e já passaram por muitas coisas juntas, inclusive entraram em uma situação muito perigosa para a vida de ambas: a bulimia e a anorexia. O livro é sobre uma menina que é magra, mas se acha obesa. Lia tem anorexia e assim machuca a si mesma e as pessoas ao seu redor. A leitura é tensa, a realidade (ou não) de Lia é cruel. Dói. Os pensamentos e as atitudes que ela tem são doentios, mas ela não enxerga isso. Para Lia, quem não enxerga a verdade são os outros e, de certa forma, ela tem razão. Seu pai, por exemplo, não vê que ela ainda tem um problema, ou pelo menos finge que não, porque assim é mais fácil. A escrita da Laurie H. Anderson é fantástica. A cada página que eu passava, meu coração se apertava mais e mais. Fiquei transtornada. Não é alegria, não é amor, nem paixão. Não é paz, não é ódio, tampouco pena. Um choque. A autora consegue passar em suas palavras cada angústia, cada dúvida, cada sofrimento, cada pesadelo e assombração de Lia e aquilo fica em você e é impossível ignorar. É pesado e brilhante.

elesrecomendam-3Priscila BritoExtremely Loud & Incredibly Close (Extremamente Alto & Incrivelmente Perto), Johnathan Safran Foer
Escrever sob o ponto de vista de uma criança com certeza é desafiador. Ironicamente, como adultos, sentimos que não temos muito embasamento para isso, mesmo já tendo passado pela fase da infância. No entanto, Jonathan Safran Foer conseguiu, com maestria, retratar muito bem como funciona a cabeça de uma criança muito especial – e que também passou por uma situação muito difícil – em Extremely Loud & Incredibly Close. O jovem Oskar Schell, de 10 anos, perdeu a sua pessoa preferida no mundo (o seu pai) no ataque às torres gêmeas no 11 de setembro, nos Estados Unidos. Acostumado a fazer jogos de caça ao tesouro com ele pelas ruas de Nova York, agora Oskar começa uma caçada pela cidade sozinho, acreditando que o pai deixou uma última pista para ser resolvida. Durante esta grande busca, Foer mescla o passado com o presente, nos mostrando Oskar pelas ruas da cidade hoje e a vida de sua avó e avô, que passaram por muitas dificuldades na Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial. Essa viagem no tempo, e ao mesmo tempo o modo como Oskar encara as situações mais felizes e tristes de sua vida torna a leitura viciante. É impossível não se emocionar com o modo imaginativo e poético com o qual o autor descreve os pensamentos do menino, mesmo que desde o começo do livro o leitor já saiba sobre a sua grande perda.  É através dos olhos de Oskar e da vida de sua família que Foer nos mostra que é possível sim, sobreviver às coisas mais terríveis, e que também é possível, mesmo que não de forma instantânea, transformar as coisas ruins pelas quais passamos em coisas boas quando olhamos para trás. Essa é uma leitura que vou demorar muito para tirar da cabeça e que eu recomendo a todos!

elesrecomendam-2Rafaela Gomes Olho por Olho, Jenny Han e Siobhan Vivian
Se você gosta de livros que intercalam pontos de vistas baseados em conflitos e segredos, Olho por Olho é uma decisão certeira.  Primeiro livro de uma trilogia, ambientado no mundo adolescente, Olho por Olho irá mostrar a pequena ilha de Jar através de Lillia, Kat e Mary, que juntas irão compartilhar a vontade de vingança e o desafio de superar sentimentos contraditórios em relação ao outro. Vai além do simplório, do certo ou errado, afinal, o que somos é aquilo que o outro vê. Três meninas que a vida se encarregou de colocar frente a frente pela primeira vez ou mais uma vez, com um objetivo em comum: vingança contra quem as fizeram sofrer de alguma maneira. Extremamente fluída, a narrativa irá te prender do início ao fim. Às vezes irá fazer com que você tenha pena dos vingados, outras irão fazer com que torça pelo fim deles. Aliás, este é o ponto alto da narrativa das autoras, tentando fazer com que os personagens sejam bilaterais, mostrando que nem sempre é tudo preto no branco e que nem tudo o que parece, realmente é. E não se esqueça de manter a mente aberta a tudo, tudo é possível e imaginável em um livro em que a premissa são segredos e revanche.

CONVIDADAS ESPECIAIS :)
Neste mês, por falta de uma convidada especial, temos duas: a Amanda e a Laura, que comandam dois perfis literários no Instagram que eu amo, já que são cheios de fotos lindas e recomendações ótimas <3 E o mais curioso é que elas escolheram O MESMO livro para indicar para vocês – o Beleza Perdida, da Amy Harmon -, acreditam? Mas não tem problema, o blog é democrático e vamos aproveitar para ler as opiniões das duas sobre a mesma obra :)

elesrecomendam-4Amanda Ferreira (@mandy_itbook)
“Você age como se a beleza fosse a única coisa que nos faz dignos de amor.” O que dizer desse livro… Bom, eu sei exatamente o que dizer! Incrível, sensível e maravilhoso são algumas das palavras que o descrevem tão bem.
Conhecemos dois adolescentes que possuem o perfil para algo já visto, no entanto Amy Harmon foi ousada e trouxe algo novo e encantador, não somente no quesito romance. Beleza Perdida é o tipo de livro que não se espera muito, mas no final das contas se recebe tudo. Uma história linda e delicada sobre amizade, família e amor incondicional, seja ele entre namorados ou amigos. A primeira vez li em e-book a segunda o físico, aproveitando para marcar todas as partes maravilhosas, que não são poucas. Minha dica é leiam, leiam e leiam! Querem conhecer algo profundo e emocionante, essa é a história perfeita. Sem contar a capa maravilhosa que não tem como não amar.

Laura Fernandes (@insta_reading)
Beleza Perdida foi uma grata surpresa pra mim… O livro conta a história de Ambrose Young, dono de uma beleza estonteante. Tão belo, que parecia inatingível aos olhos de Fern, que sempre foi apaixonada por ele… Mas isso foi até a guerra mudar completamente a sua vida… Amy Harmon, definitivamente, tem o dom da escrita e sabe como envolver o leitor. Beleza Perdida é, pra mim, um dos melhores livros do gênero “new adult”. É  lindo e suave, fala de amor, amizade, perdas, preconceito, superação. É um livro com personagens apaixonantes e a escrita da autora permitiu acompanhar e sentir o crescimento de cada um deles. Altamente recomendado! Ah, e não deixem de reparar nos títulos dos capítulos!

Mais recomendações aqui :)

Anúncios

7 pensamentos sobre “Eles recomendam!

  1. Oi, Ná!!!

    Dos livros recomendados só conheço mesmo o meu (oh, não diga!) e o da Rafa, que tbm adoro!!!
    Me interessei pela indicação da Pri… Acho que é o tipo de livro que eu até gostaria. O da Angel achei muito triste, not my style. E estou meio cheia de New Adult… E pelo jeito esse que as meninas recomendaram é bem intenso, do jeitinho que me irrita absurdamente. kkkkkkkkk

    Beijos!!

    1. Eu já quis ler o da Pri por causa do que falamos no grupo, mas também pela temática. Mas acho que deve ser triiiiiiiste.
      O da Angel já é uma tristeza mais do tipo que eu gosto, acho, hahaha! E eu nunca fui muito de ler New Adult, então teria que pensar duas vezes…
      Beijos

  2. Fiquei afim de ler o da Angel e da Karina!! Nossa, esse da Karina eu descobri por um aluno.. Estava dando aula sobre o tema e ele comentou a respeito do livro!! Me interessei ainda mais! O da Angel eu já queria ler algo no estilo, vou colocar na lista!! :)

  3. Acho que tenho o Garotas de Vidro em alguma rede social de livros no “vou ler” hahaha! Além desse também quero ler os livros do Olho por Olho, Fogo por Fogo, etc :D (hihihi)

    Extremely Loud é de fato MUITO triste, de chorar até o ranho escorrer do nariz, mas é um livro que eu acho que vou reler muito em breve! Masoquista haha

    Beijos!

    1. Garotas de Vidro é muito bom, me esclareceu muitas coisas sobre a anorexia, recomendo muitíssimo! E Olho por Olho etc., nem falo nada, que já tá ficando chato da minha parte, hahaha!
      Confesso que depois que descobri que não do autor que pensamos, desanimei ainda mais hahaha Mas quem sabe um dia…
      Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s