Turismo Literário

IMG_3915

Quem gosta de ler costuma dizer que, por meio dos livros, conhecemos o mundo sem sair do lugar. E eu concordo. Já estive em muitos países, cidades e pontos turísticos e vivi centenas de vidas diferentes em épocas diversas por meio da literatura. No entanto, também acredito que não exista nada como enxergar a vida com os próprios olhos e, para quem concorda comigo, os livros entram novamente em cena como aquele empurrãozinho que pode levar você a, literalmente, viajar o mundo. Pensando nisso, fiz uma lista de 10 livros que me inspiraram ou aumentaram a minha vontade de conhecer algumas cidades e países :)

turismo-literario-1

Amsterdam em A Culpa é das Estrelas

A Culpa é das Estrelas, John Green: apesar de Amsterdam ser um destino popular entre as pessoas da minha idade (principalmente pela fama de ser super liberal), eu nunca tinha pensado em visitar a cidade. Mas confesso que, depois de ler e principalmente assistir A Culpa é das Estrelas, deu uma vontadezinha de andar de bicicleta pela capital holandesa, conhecer os canais de perto e, claro, visitar a casa de Anne Frank.

A Lua de Mel, Sophie Kinsella: tenho vontade de conhecer a Grécia desde pequena – era um dos meus destinos de Lua de Mel naquelas brincadeiras de menina, sabe? Então é óbvio que o fato de A Lua de Mel se passar no país só me deixou com mais vontade de conhecê-lo. No entanto, eu sonho em conhecer Santorini e a história de Sophie Kinsella se passa em Ikonos (que eu não consegui descobrir se é uma ilha ficcional ou se é a ilha de Mykonos).

Anna e o Beijo Francês, Stephanie Perkins: viajar para Paris talvez seja o sonho de muitas pessoas, mas estava longe de ser o meu. Até 2011, quando li Anna e o Beijo Francês. A Cidade Luz não é apenas o pano de fundo da história de Stephanie Perkins, como deixa o romance de Anna e St. Clair ainda mais apaixonante e encantador. Paris, espere por mim!

unnamed

Ushuaia <3

Cadê você, Bernadette?, Maria Semple: boa parte da história de Cadê você, Bernadette? se passa em Ushuaia, também conhecida como Fim do Mundo, na Patagônia Argentina. E mais inusitado do que este destino é que, entre tantas cidades que listei neste post, a exótica Ushuaia é a única que conheço. Confesso que não sei se teria vontade de ir até o Fim do Mundo só por ler Cadê você, Bernadette?, mas fica aqui a minha dica de viagem: Ushuaia é um destino incrível, delicioso e, por mais contraditório que pareça, “pertinho” de São Paulo <3

turismo-literario-2

Chicago em Divergente

Divergente, Veronica Roth: não morro de vontade de conhecer Chicago, mas, depois que um amigo foi para lá e se apaixonou, confesso que fiquei curiosa. E o fato de que a trama de Divergente se passa na cidade é apenas mais um motivo para, quem sabe um dia, conhecer o destino (mesmo que ele seja bem diferente do que mostram o livro e principalmente o filme de Veronica Roth).

Isla and the Happily Ever After, Stephanie Perkins: sim, Stephanie Perkins deveria ser agente de viagens, pois ela é capaz de transmitir como ninguém o melhor das cidades sobre as quais escreve. Em Isla and the Happily Ever After, a autora ambienta a história em Nova York, Paris e Barcelona. E não que estes destinos precisem de muita propaganda, mas que aumenta a vontade de conhecê-los, aumenta – e muito!

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, Sophie Kinsella: Londres é, possivelmente, a cidade que mais quero conhecer na vida. Então, qualquer história que se passa por lá me cativa automaticamente – e este é o caso de Os Delírios de Consumo de Becky Bloom. Para alimentar ainda mais as lombrigas viajantes, no terceiro livro da série, Os Delírios de Consumo na 5ª Avenida, Becky viaja a Nova York e se acaba nas lojas da cidade. Roteiro de compras!

O Mundo Pós-Aniversário, Lionel Shriver: Lionel Shriver é americana, mas vive em Londres há muito tempo. E foi esse background que tornou possível para a autora ambientar a história de O Mundo Pós-Aniversário na capital inglesa com perfeição e mostrar a cidade não de uma maneira turística e, sim, cotidiana. Só fez com que minha vontade de ir a Londres aumentasse

Por Lugares Incríveis, Jennifer Niven: Por Lugares Incríveis se passa em Indiana, nos Estados Unidos, e eu não tenho nenhuma vontade específica de conhecer a cidade. Mas, como o título dá a entender, a história de Violet e Finch, além de encantadora, dá destaque justamente aos lugares especiais de Indiana. Para completar, no final do livro, Jennifer Niven dá dicas de vários pontos para se conhecer na cidade. Se um dia eu passar por lá, com certeza lembrarei dessa lista.

turismo-literario-3

Arthur’s Seat em Um Dia

Um Dia, David Nicholls: Um Dia é mais um livro que se passa boa parte em Londres, mas, para mim, a estrela turística da obra de David Nicholls é o Arthur’s Seat, em Edimburgo. Além de ser especial para a história em si, o ponto turístico parece ser incrível pela descrição do autor, o que é confirmado na adaptação cinematográfica.

Quais livros inspiraram vocês a conhecer lugares mundo afora?

Anúncios

10 pensamentos sobre “Turismo Literário

  1. Oi, Ná!!!
    Curti o post! Eu sempre quis conhecer o mundo, então alguns livros só aumentaram minha vontade… ACEDE e Becky Bloom são os principais dessa lista pra mim.

    Beijos!

  2. Você sabia que Barcelona é uma cidade planejada e todos os seus quarteirões tem formatos iguais? Sério, joga no google maps pra você ver, é sensacional.
    Esse seria meu ponto de partida, até porque meu amor pela Espanha é indiscutível!!
    Outros países até iria pra turistar, mas nenhum tem um encanto tão grande quanto a Espanha pra mim.
    =D

    1. Não sabia, não. Igual o Tatuapé, né? Hahahaha!
      Eu já sou o contrário de você… não ligo muito para Espanha/Barcelona, mas é claro que não dispensaria a oportunidade de conhecer. Entre as cidades citadas em Isla, eu com certeza fico com Paris. Ou Ny. Não sei, hahaha!

  3. Realmente Nádia, os livros nos fazem mesmo querer conhecer tal lugar citado na história. Um que eu gostaria muito de conhecer é a Irlanda, mais especificamente Dublin tudo por causa dos livros da Marian Keyes, sou fanzona! Rs.

  4. Depois de ler O Conde de Monte Cristo (a.k.a o livro da minha vida) já tenho como destino certo Marselha e algumas outras cidades francesas que fui pesquisando ao longo do caminho. Quero muito conhecer o verdadeiro Château D’If (local onde O Conde ficou preso, na história, e que existe de verdade, em Marselha), além de Paris, e o Château de Monte-Cristo, a casa de “verão” do Alexandre Dumas, que fica em Le Port-Marly <3. Conhecer a França tornou-se prioridade frente a outros lugares por causa do livro e do meu amor pelo Dumas :) Londres também é um lugar que quero muito conhecer, e também porque viajo nos livros da Era Vitoriana e parece até que já conheço várias ruas e parques, que se repetem nas mais variadas obras de diversos autores. Aí eu meio que já me acho familiar conforme as passagens ocorrem…esquisito, né?! :p Conhecer tanto um lugar só por lê-lo!

    E eu já li vários livros que se passam em diferentes lugares, mas até agora o lugar que mais me tocou foi a França mesmo, mas super incluiria Amsterdã em um possível roteiro…queeeem sabe? :D Para tomar a porra do champagne e chorar. hahaha *influenciável*

    Beijos!!! Amei o post.

    Ps: também quero ir pro fim do mundo e fazer amizades com os bichinhos hahahha!

    1. A França inteira deve ser maravilhosa <3 Mas, como ainda quero conhecer muitos outros lugares, quero começar apenas por Paris. E aí, quem sabe um dia, eu volto e conheço outras cidades! Nova York é uma cidade que eu sinto que já conheço, de tantas histórias que eu já li e que se passam lá. Espero que um dia a gente possa ir a todos esses lugares e mais :D
      Beijos
      Ps: o Fim do Mundo é só amor e super possível, apesar de ser o fim do mundo hahahaha se joga!

  5. Depois de A culpa é das estrelas também fiquei com muita vontade de conhecer Amsterdam, mas meu amor sempre será por NY, quando encontro um livro que fale por lá, piro mais nos detalhes do ambiente do que propriamente na história, que foi o caso de “Bem mais perto”. Nem é uma super história, mas amei a relação da personagem com NY.

    E eu não sabia que Cadê você Bernadette? falava de Ushuaia *-*

    Beijos

    1. Eu pensei em Bem mais perto, mas como tantos livros se passam em NY, acabei escolhendo outros. Mas, realmente, acho que ele foca bastante na cidade e na paixão por ela!

      Sim, Cadê você, Bernadette? se passa em Ushuaia uma parte. Exótico, né? Hahaha! Ótimo presente em todos os sentidos :D

      Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s