Resenha de Ligações – Rainbow Rowell

IMG_1202

Georgie McCool é roteirista de televisão workaholic, melhor amiga de Seth, esposa de Neal e mãe de duas meninas. Quando vê que a oportunidade de finalmente ter seu próprio programa com Seth pode estar próxima, ela diz ao marido que não poderá viajar para Omaha no Natal, como haviam planejado. Após mais uma discussão, Neal e as meninas deixam Los Angeles e Georgie percebe que este pode ser o fim de seu casamento. Longe da família e desesperada para saber o que o futuro reserva, Georgie descobre sem querer uma maneira de conversar com o Neal de 15 anos atrás. E é quando ela passa a se perguntar se pode consertar o passado e se o presente com o marido deveria mesmo existir.

>> Encontre o melhor preço de Ligações

Como não poderia ser diferente, Ligações mescla passado e presente, em uma espécie de retrospectiva da vida e das escolhas de Georgie, em especial, sobre as relações dela com Seth e Neal. A narrativa é bastante fluida e mantém o leitor curioso até o final – sobre o que aconteceu no passado, o que irá acontecer no futuro e a verdade sobre as ligações que levam Georgie  para sua vida de 15 anos antes.

Como é que alguém pode saber se o amor é suficiente? É uma pergunta idiota. Tipo, se você se apaixona, se tem essa sorte, quem é você pra questionar se isso basta pra te fazer feliz?

Conheci Rainbow Rowell com seus dois livros young adult, o aclamado Eleanor & Park, que me desapontou, e Fangirl, que me encantou e me fez recuperar as esperanças na autora. No entanto, na minha opinião, Rainbow é ainda melhor quando escreve sobre adultos, como em Anexos e, agora, Ligações. Acho que a autora consegue captar os problemas da vida adulta, como casamento, maternidade e trabalho, com perfeição e bom humor, e o melhor, sem resolver os conflitos de maneira previsível ou irreal, mas propondo reflexões que podem trazer soluções mais eficazes e a longo prazo.

Acho que consigo viver sem você. Mas não uma vida de verdade.

O desfecho não foi tão conclusivo quanto eu esperava – o que, na verdade, acabou não sendo ruim -, mas deixa claro que, muitas vezes, precisamos de uma espécie de epifania para olhar para nossas próprias vidas e redescobrir o que realmente vale a pena.

Título original: Landline
Editora: Novo Século
Autor: Rainbow Rowell
Ano: 2014
Páginas: 302
Tempo de leitura: 3 dias
Avaliação: 4 estrelas

Veja mais livros de Rainbow Rowell

Anúncios

6 thoughts on “Resenha de Ligações – Rainbow Rowell

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s