Resenha de Um Mais Um – Jojo Moyes

Processed with Rookie

Jess é mãe solteira e, para criar o enteado, Nicky, que sofre bullying pesado, e a filha, Tanzie, que é um gênio da matemática, trabalha como faxineira e atendente em um pub. Quando Tanzie recebe uma proposta tentadora, mas que custa muito mais do que Jess tem, ela está disposta a fazer tudo para que o sonho da pequena se torne realidade.

Enquanto isso, Ed é um geek bem-sucedido e endinheirado, que se meteu em um processo judicial e, afastado da empresa, evita o contato com a família, mesmo com o pai em estado terminal. Quando os mundos de Jess e Ed colidem e evidenciam todos os contrastes das vidas dos dois, eles embarcam em uma jornada rumo às Olimpíadas de Matemática, que podem salvar muito mais do que o futuro de Tanzie.

O contraste entre as vidas e os problemas dos pobres e dos ricos é o ponto de partida de Um mais um. A temática é promissora e, com Jojo Moyes no comando, você começa a leitura com a certeza de que os dilemas irão dar um nó em sua cabeça. Pode esquecer. Contrariando todas as estatísticas, a autora não consegue desenvolver a trama de forma envolvente como de costume, tampouco é capaz de realmente colocar a protagonista – e, por consequência, o leitor – “entre a cruz e a espada”.

As coisas que abateriam a maioria das pessoas pareciam não afetá-la. Ou, se ela caísse, logo se levantava. Se tornasse a cair, colava um sorriso no rosto, sacudia a poeira e seguia em frente. Ele nunca conseguia entender se aquilo era a coisa mais heroica ou mais idiota que já vira.

Uma das principais características de Jojo – e uma das minhas preferidas – é a capacidade de narrar a mesma história sob vários pontos de vista diferentes e, na minha opinião, Como eu era antes de você é o que mais evidencia a facilidade da autora no uso do recurso. Em Um mais um, ela repete a fórmula e narra a trama sob as perspectivas de Jess, Ed, Tanzie e Nicky, mas fica longe de explorar os diferentes lados da história com a riqueza de suas outras obras. Também sempre me encantei com a forma como Jojo consegue conectar diferentes épocas e enredos, como em A Última Carta de Amor A garota que você deixou para trás. Bem, em Um mais um, às vezes, parece faltar a conexão até mesmo entre as personagens que se encontram na mesma situação.

Assim que comecei a leitura, já imaginei qual seria o final – e não porque sou gênio, nada disso. Mas pensei que, em se tratando de Jojo Moyes, os meios poderiam surpreender e justificar os fins. No entanto, isso não acontece. Com personagens pouco cativantes e uma trama superficialUm mais um é pouco fluido e se arrasta em algumas partes. Gosto da mensagem central do livro, que incentiva a fazer as coisas darem certo a partir do possível e não do ideal. Mas acho que realmente faltou capricho e/ou criatividade da parte de Jojo Moyes para desenvolver a trama de forma brilhante, como sempre fez. Pelo menos, até aqui.

Título original: One Plus One
Editora: Intrínseca
Autor: Jojo Moyes
Publicação original: 2014

10 comments

  1. Eu nunca li nada da Jojo, então não conheço a escrita dela… Mas depois dessa resenha, esse com certeza vai ficar de fora da lista!

Deixe uma Resposta para Nádia Tamanaha Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s