Resenha de Zac and Mia – A. J. Betts

IMG_6873

Zac tem 17 anos e, embora esteja lutando contra uma forma agressiva de Leucemia em uma clínica em Perth, na Austrália, é um paciente exemplar e obediente. Sua “vizinha” de quarto, Mia, no entanto, é o oposto: vítima de osteosarcoma, ela é considerada “sortuda”, mas acredita que é a única injustiçada do mundo. Após colocar Lady Gaga para tocar no último volume, Mia acaba (incomodando e) conhecendo Zac e este é o início de uma relação surpreendente, regada a conflitos, companheirismo e compreensão e cheia de altos e baixos.

>> Encontre o melhor preço de Zac & Mia

Me interessei em ler Zac and Mia depois de vê-lo em uma lista que o BuzzFeed fez, com livros similares a A Culpa é das Estrelas. E me surpreendi ao perceber que a obra de A. J. Betts é ainda mais realista do que a de John Green. Diferente de Hazel, Zac está internado em uma clínica, faz quimioterapia e toma remédios fortes, por isso, os reflexos em sua aparência e disposição física são muito mais drásticos.

If she feels something, she says so. She shows it. She says and does all the things others hold back. She’s not predictable or safe. She doens’t talk bullshit, the way most other girls do. She’s alive, despite everything, kicking and screaming and swearing. Fighting, still.

They say cancer makes you stronger. It doesn’t. It messes with your head. It gives you an itch you can’t scratch and a heart that won’t stop aching.

Vi algumas pessoas criticando o fato de que Zac é fofo e cativante, o tipo de personagem que você quer ajudar e abraçar, enquanto Mia é tão temperamental, egoísta e enervante, que dá vontade de bater. No entanto, acredito que esta tenha sido a grande sacada de A. J. Betts e uma ótima forma de mostrar reações distintas a situações similares, como a coragem existe em diversas formas e o quanto duas pessoas podem ser tão diferentes e iguais, ao mesmo tempo.

Courage is standing still even though you want to run. Courage is planting yourself and turning toward the thing that scares you, whether it’s your leg or your friends or the guy who could break your heart again. It’s openning your eyes and staring that fear down.

Apesar da temática pesada e dramática, Zac and Mia conta com boas e certeiras doses de humor, é brutalmente honesto e realista e, em nenhum momento, é pedante ou piegas, e talvez estas sejam a grande semelhança com A Culpa é das Estrelas. Quem leu a obra de John Green talvez espere por um final específico, no entanto, sem dar spoilers, digo que A. J. Betts não deixa faltar plot twists em sua obra e é capaz de surpreender e emocionar o leitor.

Título original: Zac and Mia
Autor: A. J. Betts
Ano: 2013
Páginas: 306
Tempo de leitura: 2 dias
Avaliação: 4 estrelas

Anúncios

2 thoughts on “Resenha de Zac and Mia – A. J. Betts

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s