A Desconstrução de Mara Dyer – Michelle Hodkin

the-unbecoming-of-mara-dyer

Mara Dyer foi a única sobrevivente do desabamento de um sanatório antigo e desativado, que matou seu namorado e sua melhor amiga. Mara é a única que sabe o que realmente aconteceu na noite do incidente, mas não consegue se lembrar detalhes da tragédia. Na tentativa de ajudá-la a superar o que aconteceu, a família Dyer decide se mudar para outra cidade para ter chance de recomeçar. No entanto, os pesadelos de Mara se confundem com a realidade, as memórias parecem retornar aos poucos e coisas estranhas começam a acontecer. Será apenas loucura?

 maradyer1
Sombrio e misterioso são duas palavras que definem muito bem o clima de The Unbecoming of Mara Dyer e algumas “cenas” do livro de Michelle Hodkin são melhores do que muito filme de terror. Talvez porque a narrativa da autora seja extremamente detalhista, o que torna possível sentir o medo, a angústia e o desespero da protagonista em cada palavra escrita. Em alguns momentos, fiquei confusa sobre o que era sonho e o que era realidade, o que pode ser bom e ruim. Explico: a confusão pode comprometer a compreensão da história, no entanto, se a própria Mara sofre para descobrir o que é real ou não, nada mais justo que o leitor tenha literalmente a mesma sensação. Até porque não é nada que reler o trecho em questão não possa resolver.
‘You want me as much as I want you. And all I want is you’. My tongue warred with my mind. ‘Today’, I whispered. Noah stood slowly, his body skimming mine as he rose. ‘Today. Tonight. Tomorrow. Forever’.

Embora seja um bom livro, não dá pra dizer que The Unbecoming of Mara Dyer é uma leitura fluida. No início, é agitado e cheio de “sustos”. Um pouco mais para frente, com o surgimento de Noah Shaw, a história foca mais no romance e, confesso, perde um pouco do ritmo. Ao mesmo tempo em que mantém o leitor interessado, a dose de mistério também compromete o andamento da história em alguns pontos. Porém, de uma forma irônica, a obra de Hodkin também sofre com o excesso de acontecimentos e reviravoltas, que tornam a leitura “fisicamente” cansativa em alguns momentos – se é que isso é possível -, já que são muitos detalhes para absorver.

Ainda não li The Evolution of Mara Dyer (que, no Brasil, será A Evolução de Mara Dyer), mas, ao que tudo indica, The Unbecoming é uma grande introdução ao que vem pela frente. Por exemplo, achei as explicações para algumas das “coisas estranhas” que acontecem com a protagonista forçadas, mas é verdade que elas fazem sentido dentro da história e, provavelmente, serão melhor desenvolvidas nos outros dois volumes que completam a trilogia.

Título original: The Unbecoming of Mara Dyer
Editora: Galera Record
Volumes seguintes: A Evolução de Mara Dyer e A Vingança de Mara Dyer
Autor: Michelle Hodkin
Ano: 2011
Páginas: 466
Tempo de leitura: 9 dias
Avaliação: 3 estrelas

Anúncios

11 thoughts on “A Desconstrução de Mara Dyer – Michelle Hodkin

  1. Bora tirar o atraso…

    O inicio desse livro é mto :O! Coisas vão acontecendo e vai surgindo as perguntas: Oq? Como? PQ? Quem é vc?…
    Mas aí como vc disse as coisas esfriam e livro se torna enrolado, mas vão acontecendo mais situações q são importantes e vc continua pq quer saber o q vai realmente acontecer ou descobrir oq se passa, aí de repente, o livro acaba!
    Acho q resumi o livro assim, pronto. Mas dizem q o segundo livro é mto bom, e vai resolver alguns mistérios q ficaram em aberto. Assim, eu espero né…

    Bjos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s