Will Grayson, Will Grayson (Will & Will) – John Green e David Levithan

Um Will Grayson é um garoto de poucos amigos que segue duas regras básicas em sua vida: calar a boca e não se importar muito. O outro Will Grayson foi abandonado pelo pai, sofre de depressão e é gay. Certo dia, em uma situação inusitada e constrangedora, a vida dos dois Will Grayson’s se encontram e, aos poucos, eles descobrem um tipo especial de conexão que se tem com alguém que possui o mesmo nome que você.

willwill

Em Will Grayson, Will Grayson, John Green e David Levithan criaram personagens homônimos, que são completamente diferentes e bastante parecidos ao mesmo tempo. Talvez as semelhanças não fiquem evidentes, mas elas existem, apenas são expressadas de formas diferentes. Os autores se alternam nos capítulos e nos apresentam a outros importantes personagens das histórias, como Tiny Cooper (que, na verdade, é um co-protagonista de ambas as tramas), Jane, Isaac, Maura e Gideon. Embora as narrativas, obviamente, sejam diferentes, elas seguem o mesmo ritmo e se completam.

A obra de Green e Levithan é corajosa, não apenas pela narrativa inusitada, mas também por abordar a homossexualidade e a sexualidade de forma aberta, natural e livre de preconceitos. Ao final de Will Grayson, Will Grayson, o leitor se depara com uma breve conversa entre os autores, que não esclarece todas as curiosidades sobre a obra (aqui, porém, tem uma sessão de FAQ bem interessante), mas vale a pena ser lida por explicar um pouco de como surgiu a ideia e como ela foi executada. O mais curioso sobre a leitura da obra a quatro mãos é que, mesmo antes de ler o FAQ, eu sempre tive certeza sobra qual Will Grayson era do John e qual era do David.

E se A Culpa é das Estrelas O Teorema Katherine já dão pistas de que Green não é fã de finais definitivos, as suspeitas podem ser confirmadas em Will Grayson, Will Grayson. Porque, na verdade, não é nos fins que estão as lições e, sim, nos meios. E o meio, neste caso, é uma jornada em busca do amor verdadeiro entre meninos e meninas, meninos e meninos, amigos e amigos, pais e mães, mães/pais e filhos, nós e nós mesmos.

Título original: Will Grayson, Will Grayson
Editora: Galera Record
Autores: John Green e David Levithan
Ano: 2010
Páginas: 310
Tempo de leitura: 5 dias
Avaliação: 4 estrelas

Veja mais livros de John Green e David Levithan

Anúncios

9 thoughts on “Will Grayson, Will Grayson (Will & Will) – John Green e David Levithan

  1. Te falei que conheci um menino exatamente como eu imaginava o Tiny? Só a aparência, porque de personalidade, esse menino ganhava muito! ele era um fofo! totalmente aleatório o comentário hehe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s