A Última Carta de Amor – Jojo Moyes

ultima_carta_de_amor

1960’s – Casada com o bem-sucedido empresário Laurence Stirling, Jennifer tem tudo o que muitas mulheres da época gostariam: beleza impecável, elegância invejável, um marido rico, uma agenda repleta de festas e jantares, uma casa luxuosa, além de um guarda-roupa cheio de vestidos glamourosos. No entanto, após sofrer um grave acidente, Jennifer tem sua memória comprometida e, aos poucos, redescobre quem é. E em meio a essa jornada, ela percebe que fez coisas que jamais pensou e que irão, novamente, mudar o rumo de sua vida.

2000’s – Ellie Haworth é jornalista e, há mais de um ano, mantém um relacionamento com um homem casado. Os amigos de Ellie recriminam sua atitude e as incertezas da relação já começam a afetar seu rendimento no jornal em que trabalha, o Nation. Em sua última chance de voltar a assinar as grandes matérias e manter o emprego, Ellie encontra uma carta de amor perdida em meio aos arquivos do jornal e fica obcecada para descobrir a história que há por trás desta memória.

aultimacarta

Pode parecer que as histórias de Jennifer e Ellie não tenham muito em comum, a começar pela época em que cada uma acontece. No entanto, a partir do momento em que elas se cruzam, os pontos de semelhança começam a se revelar. A experiência de Jennifer irá ajudar Ellie, ainda que indiretamente, a tomar uma atitude sobre sua relação conturbada, ao passo em que Ellie irá proporcionar a Jennifer um vislumbre do futuro que ela não tivera a chance de viver.

A narrativa de A Última Carta de Amor, uma das mais incríveis que já vi, mistura os pontos de vista de Ellie, Jennifer, Anthony (jornalista do Nation na década de 1960), Moira (secretária do marido de Jennifer), Rory (amigo de Ellie) e Don (editor do Nation na década de 1960) em diferentes épocas, além de cartas de amor que, algumas vezes, são repetidas e, assim, ganham ainda mais força. As histórias contadas pelas diferentes personagens nem sempre se completam. Em alguns momentos, elas são apresentadas novamente, apenas sob outro ângulo. Além disso, a narrativa não segue ordem cronológica e, por isso, exige ainda mais atenção aos detalhes, para que a trama faça sentido.

Pela capa (que, ao lado do layout de todo o livro, é um espetáculo a parte) e pelo título, A Última Carta de Amor pode parecer apenas mais uma obra clichê e até brega. Mas, apesar de contar com um romance poderoso, o livro de Jojo Moyes não é exatamente ou apenas uma história de amor. É também sobre a redenção, a espera, a compreensão, a fidelidade a si mesmo e a traição. Mas, mais do que qualquer coisa, é sobre a verdade por trás do amor, nos dias de ontem e hoje.

Título original: The Last Letter From Your Lover
Editora: Intrínseca
Autor: Jojo Moyes
Ano: 2010
Páginas: 284
Tempo de leitura: 6 dias
Avaliação: 5 estrelas

Veja mais livros de Jojo Moyes

Anúncios

18 thoughts on “A Última Carta de Amor – Jojo Moyes

  1. OMG. Vc publicou a resenha do livro que eu te dei de aniversário, no dia do meu aniversário!!! rsrsrsrs
    Nem vou falar que eu tenho e pretendo ler um dia, pq vc vai cansar de ler isso daqui a pouco. kkkkkkkkk

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s